Técnico argentino acerta com o Santos, mas não comanda o time contra o Bahia

O argentino começou no Defensa y Justicia em 2015 e passou por Independiente e Universidad Católica

Getty Images

O Santos anunciou neste domingo a saída do técnico Cuca, que estava no clube desde agosto de 2020, e sai após 44 jogos disputados, 18 vitórias, 14 empates e 12 derrotas. Foi a terceira passagem do treinador pelo Peixe. Ao todo, são 31 vitórias, 27 empates e 27 derrotas. Mesmo com a mãe, Nilde, e a filha mais velha, Maiara, internadas com Covid-19, o treinador decidiu comandar a equipe no empate diante do Fluminense na Vila Belmiro, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Peixe garantiu sua vaga na fase preliminar da Copa Libertadores.

 

Para substituir Cuca, o Santos fechou com o argentino Ariel Holan. O técnico argentino, ex-Universidad Católica, chega para um vínculo até dezembro de 2023. Ele deve desembarcar no Brasil até o fim dessa semana, com a estreia prevista apenas para o Campeonato Paulista. Com isso, o auxiliar Marcelo Fernandes comanda a equipe na última rodada do Brasileirão, quinta-feira, contra o Esporte Clube Bahia, em Salvador, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

De acordo com informação do portal ESPN, Holan estava no topo da lista do Santos desde o início da procura por um técnico, há mais de duas semanas. A pedida inicial foi alta. Na sequência, o clube conseguiu um “desconto” e passou a avançar na negociação. O valor da comissão técnica será de pouco menos de R$ 600 mil. Holan tem 60 anos e foi aprovado pelo departamento de futebol e pela análise de desempenho. O argentino começou no Defensa y Justicia em 2015 e passou por Independiente e Universidad Católica. Antes, foi auxiliar e desempenho e técnico de hóquei sobre a grama.

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*