Ignácio retorna de empréstimo e vai reforçar o Bahia no Baianão

Nesta segunda-feira (1º), o vínculo do atleta com o Bahia foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID)

Foto: Felipe Oliveira / EC BAHIA

Emprestado ao CSA para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, atuando apenas 3 jogos, o zagueiro Ignácio está de volta ao Esporte Clube Bahia. O jogador, de 24 anos, tem vínculo com o Esquadrão até o fim de 2022, deve reforçar o time de transição, que será comandado por Cláudio Prates no Campeonato Baiano. Nesta segunda-feira (1º), o vínculo do atleta com o Bahia foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

 

Em março de 2018, Ignácio defendia o modesto Força e Luz, que ficou sem calendário na temporada após disputar o Campeonato Potiguar. Emprestado pelo Santa Cruz, de Sergipe, ele atuou nos 14 jogos realizados pelo clube no estadual e marcou um gol, no empate em 1 a 1 com o ABC, no Frasqueirão. Como o Força e Luz não atuaria mais no ano, o zagueiro foi repassado por empréstimo para a Associação Sportiva Sociedade Unida (ASSU), também do Rio Grande do Norte, para a disputa da Série D. Ele jogou as seis partidas da fase de grupos, cinco na condição de titular e uma como reserva. Com quatro derrotas, um empate e um triunfo, o time potiguar ficou em último no Grupo 5 e não avançou na competição.

A campanha ruim na Série D não impediu que Ignácio recebesse um convite do Bahia para passar por um período de testes no Fazendão. O desempenho demonstrado em Salvador agradou, o defensor chegou emprestado e se destacou no Campeonato Brasileiro de Aspirantes, ficando em definitivo. Porém, teve poucas oportunidades pelo time principal. Em 2019, disputou 3 jogos pelo time principal no Campeonato Baiano e 14 pela equipe sub-23 no Brasileiro de Aspirantes. Em 2020, era titular absoluto com Dado Cavalcanti no Campeonato Brasileiro, disputando os seis primeiros jogos, porém, com o fim do time de transição, acabou virando reserva da equipe alternativa que passou a ser comandada por Roger Machado. Sem espaço, acabou sendo emprestado ao CSA.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*