Cássio lamenta derrota para o Bahia em “jogo 500” e reclama da arbitragem

"No segundo tempo não teve jogo, o árbitro contribuiu muito", disse.

Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (28), o goleiro Cássio alcançou a marca de 500 jogos pelo Corinthians, mas não foi do jeito que ele esperava. O time paulista foi derrotado pelo Esporte Clube Bahia por 2 a 1 na Arena Fonte Nova, resultado que tirou o Esquadrão do Z4 e complicou ainda mais a vida do Timão na briga por vaga na Libertadores. Após a partida, o arqueiro lamentou o revés e reclamou da arbitragem que, segundo ele, deixou de marcar um “pênalti questionável”. O lance que o jogador se refere é um desvio de Gregore que o volante está com o braço colado ao corpo, portanto, não houve penalidade.

 

“A gente estava bem no jogo, mas acabamos tomando dois gols em dois lances. Dois gols e ter que ir buscar o resultado no segundo tempo, criamos, mas faltou colocar a bola para dentro. Lutamos até o final. Teve a questão do pênalti questionável. No segundo tempo não teve jogo, o árbitro contribuiu muito, o Bahia pela situação que está, e claro que não foi o 500 jogos que eu queria. Mas agradecer todo mundo que me ajudou, se eu falar aqui é muita gente. Obrigado ao Corinthians, obrigado todo mundo, ninguém chega em lugar nenhum sozinho”, disse o goleiro.

Com o triunfo, o Bahia chegou aos 35 pontos e saltou para a 16ª colocação, jogando o Fortaleza (que também tem 35) na zona de rebaixamento pelo critério do número de triunfos, empatando com o Sport (15º com 35) e ficando um ponto abaixo do Vasco (14º com 36), seu próximo adversário. Já o Corinthians amarga sua segunda derrota seguida e segue estacionado no 9º lugar, com 45 pontos, ficando mais distante do G-6.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*