Vitória será julgado nesta quinta por homofobia contra torcedores do Bahia

torcedores penduraram no alambrado uma camisa da torcida LGBTricolor

Nesta quinta-feira (17), o Esporte Clube Vitória será julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia por homofobia contra torcedores do Bahia. A denúncia foi feita pela torcida LGBTricolor e acatada pela procuradoria do TJDF-BA. No dia 1º de março, no clássico BA-VI pelo Campeonato Baiano disputado no Estádio Manoel Barradas, torcedores rubro-negros penduraram no alambrado uma camisa da torcida LGBTricolor de cabeça para baixo. Bruno Pereira Vasconcelos, árbitro do jogo, também será julgado por não ter registrado o ocorrido na súmula.

 

O Vitória está enquadrado no artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que diz: “Praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência”. O clube pode ser punido com suspensão, multa ou perda de pontos, que só vale para a competições realizadas pela Federação Bahiana de Futebol (FBF).

 

Comentários:

1 Comentário

  1. Eu não sou viado, mas eu achei que isso aí soou meio como uma ameaça de morte prós nossa irmãos gays! Portanto tiremos os últimos centavos desse timeco falido de Canabrava.. kkkkk

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*