Técnico do Vitória vê jogo contra o Operário como “uma final de Copa do Mundo”

"precisamos de um resultado positivo mais do que nunca", disse.

Foto: Pietro Carpi / ECVitória

O Esporte Clube Vitória estava caminhando para confirmar a sua permanência na Série B para 2021, porém, acumulou resultados negativos nas últimas rodadas e se encontra nesse momento em situação delicada. Nos últimos seis jogos, o Leão venceu apenas um, perdeu quatro e empatou um. O próximo compromisso é no domingo, às 18h15, contra o Operário-PR, no Estádio Manoel Barradas. O técnico Rodrigo Chagas trata este jogo como uma final de Copa do Mundo, e espera a vitória para a equipe reconquistar a confiança. O Rubro-Negro é o 15º colocado, com 36 pontos, um a mais do que o Náutico que é a primeira equipe dentro da zona de rebaixamento.

 

“Primeiro reconquistar a confiança. Tivemos uma semana muito boa de trabalho, onde a gente colocou as ideias com os atletas e passamos pra eles que esse jogo é de suma importância pra nós, é como uma final de Copa do Mundo. Com esse jogos vamos poder reconquistar nossa confiança e precisamos de um resultado positivo mais do que nunca. Temos mais dois jogos em casa além desse, então precisamos conquistar o resultado positivo nessas três partidas”, afirmou o treinador.

“Deu pra trabalharmos as ideias de jogo em relação as linhas de quatro, nosso comportamento sem a bola, com a bola também. Os esquemas que vamos adotar dentro da partida e tudo isso foi bem absorvido pelos atletas. Agora é esperar que eles transfiram isso na partida e tudo ocorra bem”, disse.

 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário