Bahia leva virada e fica em desvantagem na final da Copa do Brasil Sub-20

Bahia saiu na frente, mas permitiu a virada do Vasco da Gama

Foto – Felipe Oliveira/EC Bahia

O Esporte Clube Bahia largou em desvantagem no primeiro jogo da final da Copa do Brasil Sub-20. Na tarde deste domingo (27), o Esquadrãozinho até saiu na frente com belo gol de Thiago Andrade, mas a defesa vacilou e o Vasco conseguiu buscar a virada, com gols de Gabriel Pec e MT, e venceu por 2 a 1 no Estádio Metropolitano de Pituaçu. A finalíssima está marcada para o dia 3 de janeiro, também em um domingo, às 19h, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro. O Tricolor precisará vencer por um gol de diferença para levar a decisão para a disputa por pênaltis ou vencer por dois gols de diferença para conquistar o título. Patrick de Lucca está suspenso e desfalca o Bahia.

 

Quatro anos atrás, em 2016, o Bahia chegou na final, mas perdeu o título para o São Paulo, sendo derrotado na ida (3×1) e empatando na volta (2×2). Os vascaínos chegaram na final pela primeira vez, mas já foram às semifinais em 2017 e 2019 – no último ano, foi eliminado pelo Palmeiras.

No primeiro tempo, o Bahia foi mais perigoso e abriu o placar logo aos 15 minutos. Douglas Borel cruzou, a bola quicou e ‘matou’ o zagueiro vascaíno, sobrando para Thiago que dominou, fintou o defensor e tocou no canto. O Esquadrãozinho teve chances de aumentar e construir um placar confortável nos primeiros 45 minutos, porém, a defesa vacilou nos minutos finais da primeira etapa, e o Vasco buscou o empate com Gabriel Pec aos 43, e a virada com MT aos 48.

No segundo tempo, o Bahia voltou pressionando e aos 12 minutos perdeu uma grande chance com Luiz Felipe, caindo cara a cara com o goleiro, mas finalizando para fora. Aos 19, Thiago fez jogada pela direita, cruzou e o zagueiro Gabriel cabeceou no travessão. Depois disso, as equipes cansaram, o jogo caiu muito de produção e o placar não foi alterado.

O Bahia enfrentou o Vasco com: Fabrício; Douglas Borel (Allan), Lucimário, Gabriel e Ryan (Thales); Patrick de Lucca, Luiz Felipe e Jeferson Douglas (Pará); Daniel, Thiago e Marcelo (Christian).

A Copa do Brasil Sub-20 iniciou com 32 clubes, sendo que 27 são os campeões estaduais da categoria no ano anterior e outros cinco são os vice-campeões estaduais das cinco federações mais bem colocadas no Ranking Nacional de Federações. Na 1ª Fase, os 32 clubes se enfrentaram em 16 jogos únicos e os vencedores avançaram para as oitavas de final. A partir das oitavas de final, os confrontos foram em jogos de ida e volta, passando por quartas de final, semifinal e chegando na final. A competição é disputada desde 2012 e o maior vencedor é o São Paulo, que possui três títulos conquistados em 2015, 2016 e 2018. Os demais campeões foram Vitória (2012), Internacional (2014), Atlético Mineiro (2017) e Palmeiras (2019).

Comentários:

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*