Após virar meme, estátua de Daniel Alves deve ser modificada

Chegaram a comparar estátua com Padre Cícero ou o treinador Baé

Foto: Divulgação

Jogador com mais títulos na história do futebol, com 39 conquistas, duas a frente do Rei Pelé, o baiano Daniel Alves foi homenageado com uma estátua em Juazeiro, cidade onde nasceu e levou o nome para todo o mundo. Porém, a escultura viralizou e virou meme na internet, pois, segundo alguns internautas, não se parece com o jogador do São Paulo. Chegaram a comparar estátua com Padre Cícero ou o treinador Baé. Essa não é a primeira vez que um escultura de um esportista é contestada. Cristiano Ronaldo, Salah, Messi, Ibrahimovic e Renato Gaúcho também receberam homenagens que deram o que falar nos últimos anos.

 

Com muitos comentários sobre a peça se parecer ou não com o atleta, Alan Cleber, secretário de Cultura, Turismo e Esporte (Seculte) de Juazeiro, declarou que está conversando com o artista responsável pela escultura para a possibilidade de modificar o trabalho.

“Eu sou muito tranquilo com relação a essas críticas, esses memes, porque eu entendo e respeito o trabalho de todo artista. Jesus não agradou a todo mundo. Ali não é uma estátua, não é a presença física do nosso querido Daniel Alves. Eu tenho essa situação como uma homenagem muito bem quista por ele, pela própria família. Eu acho que o rosto poderia ter sido mais fiel às características dele, a feição dele, mas acho também que os detalhes da maneira como ele joga, o desenrolar do corpo dele, foi todo bem trabalhado em relação a isso. Depois de tudo que aconteceu logo após a inauguração, já estamos entrando em contato com ele [escultor] para ver essa possibilidade”, disse o secretário em entrevista a Carlos Britto, na Rádio Rural FM.

Em defesa sobre a aprovação da escultura, Alan Cleber ainda destacou que não era titular da pasta quando aconteceu a validação do projeto. “Ela foi aprovada a mais ou menos um ano atrás. Quando cheguei ela já estava pronta, não tive acesso e nem autonomia, para dizer assim ‘não tá parecendo, vamos dar um jeito no rosto dele. Mas agora, depois de inaugurada, o meu dever como secretário de Cultura é realmente prezar para que possa haver uma modificação”, explicou.

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*