Após “não” de Zé Ricardo, Vasco estuda volta de Luxemburgo

Luxemburgo está sem clube desde a saída do Palmeiras

Foto: Marcos Ribolli

O Vasco da Gama atravessa um momento complicadíssimo. Além de estar dentro da zona de rebaixamento e correndo o risco de amargar a quarta queda da sua história para a Série B, luta também para quitar os salários atrasados e agora na busca incansável para convencer um treinador a assumir o time. Após a demissão do português Ricardo Sá Pinto, o plano A da diretoria vascaína era Zé Ricardo, porém, a negociação foi mal sucedida e o clube ouviu um “não” do treinador.

 

De acordo com o portal LANCE!, pesou para a recusa de Zé Ricardo o momento de transição entre gestões no clube. Alexandre Campello é o presidente até a segunda quinzena de janeiro, quando Jorge Salgado assume. Neste meio tempo, junto da demissão de Ricardo Sá Pinto, o diretor executivo de futebol, Alexandre Mazzuco, foi demitido. Alexandre Pássaro chegará.

Com a recusa de Zé Ricardo, o Vasco agora mira o retorno de Vanderlei Luxemburgo, que se recuperou nos últimos dias da Covid-19 e segundo ele próprio, já está com condições de voltar a trabalhar. Luxa foi o técnico que comandou o Vasco na campanha de recuperação e que resultou na fuga da degola até antes da última rodada no ano passado. O último trabalho dele foi no Palmeiras, nesta temporada.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*