Vitória visita o Náutico em duelo direto para se afastar mais do Z4

Náutico e Vitória fecham a 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B

Foto: Jefferson Peixoto/FuturaPress/FolhaPress

A 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B está quase sendo uma rodada cheia. Começou última segunda-feira com dois jogos, teve continuidade nesta terça-feira com sete jogos e será concluída com o duelo entre Náutico e Vitória que se encontram nesta quarta-feira no Estádio dos Aflitos, às 19 horas, com o Timbu de técnico novo querendo quebrar um jejum de quase 60 dias sem vencer dentro da sua casa, enquanto o Leão busca se afastar de vez da zona de rebaixamento e evitar qualquer tipo de sofrimento.

 

Nos jogos desta terça-feira, destaque do triunfo do Cruzeiro que quebrou uma sequência de 17 jogos sem derrota da Chapecoense e impôs também a primeira derrota do time catarinense na Arena Condá. No entanto, pelos atrasos passados, o time celeste não avançou na tabela de pontuação, deixando inalterada a sua anterior 15ª posição. Negativamente, vale ressaltar a saída do Cuiabá do G4, justamente após a saída do técnico Marcelo Chamusca do comando do clube. Outro que segue em franca decadência é o Paraná Clube que liderou a competição por sete rodadas, e nesta terça caiu dentro de casa para o Guarani de Campinas e acumulou a sua terceira derrota consecutiva e agora ocupa o 13º lugar.

O jogo entre Náutico e Vitória tem um aspecto curioso considerando as posições dos clubes na tabela de pontuação. Depois de transcorridos os 90 minutos, seja lá o vencedor, e até mesmo o tamanho do empate que possa acontecer, nenhuma das equipes vão se mover na tabela de pontuação.

O Leão ainda que vença, não abandona a portaria do Z4, já que o Cruzeiro, primeiro clube da alça da mira, tornou-se inalcançável ao vencer a Chapecoense amparado pelo critério do número de triunfos, porém, um triunfo rubro-negro será importantíssimo já que pode abrir uma distância oceânica de 8 pontos do primeiro listado na zona dos candidatos para colocar o pescoço na guilhotina, afinal, o Rubro-Negro já mostrou e ainda vem mostrando a sua total incapacidade de brigar pelo acesso, assim, renovar o alvará de funcionamento de clube da Série B para o próximo ano será o seu maior e único mérito em 2020. Já o Náutico, vencendo ou perdendo, segue no mesmo lugar, visto que os times abaixo que poderiam lhe passar, já jogaram e como de costume, perderam.

As novidades do Leão para a partida são os retornos do lateral Van e do meia Eduardo. Van recuperou-se da lesão na posterior da coxa. Enquanto Eduardo, após duas partidas seguidas pela equipe sub-20 no Campeonato Brasileiro, marcando gols em ambas – tem quatro gols no total – volta a servir ao profissional. O atacante Vico treinou normalmente na última atividade na terça e foi relacionado. Já Alisson Farias ainda continuará em recuperação físico e técnica.

Quem apita o duelo é o árbitro Emerson de Almeida Ferreira, filiado à Federação Mineira de Futebol (FMF). Ele será auxiliado pelos assistentes Pablo Almeida da Costa e Fernanda Nândrea Gomes Antunes. A dupla também pertence ao quadro de arbitragem da entidade mineira. A função de quarto árbitro será de Cesar Pereira Leite, enquanto a de analista de campo fica com Francisco Domingos da Silva, ambos da Federação Pernambucana de Futebol (FPF).

JOGOS DA 23ª RODADA DA SÉRIE B

SEGUNDA, 23/11
17h30 – Figueirense 1 x 2 Sampaio Corrêa
20h00 – Botafogo-SP 0 x 1 Avaí

TERÇA, 23/11
16h30 – Paraná 1 x 2 Guarani
19h15 – CSA 1 x 0 Operário
19h15 – Ponte Preta 1 x 0 Oeste
19h15 – Confiança 2 x 0 Cuiabá
21h30 – América-MG 2 x 1 Juventude
21h30 – Brasil de Pelotas 2 x 1 CRB
21h30 – Chapecoense 0 x 1 Cruzeiro

QUARTA, 25/11
19h00 – Náutico x Vitória

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*