Na súmula, árbitro diz ter sido xingado por técnico do Jacuipense

Jonilson Veloso pode ser denunciado pelo STJD

No último domingo, o Esporte Clube Jacuipense foi derrotado pelo Paysandu, por 1 a 0, em pleno Estádio de Pituaçu, pela 14ª rodada da Série C, e desperdiçou uma oportunidade de entrar no G-4 do Grupo A. Nos minutos finais do primeiro tempo, o técnico Jonilson Veloso foi expulso após ser advertido duas vezes com o cartão amarelo por ter reclamado com o árbitro. Portanto, o treinador desfalca o Leão do Sisal contra o Ferroviário pela 15ª jornada da competição. Além disso, o árbitro Paulo Cesar Zanovelli explicou na súmula o que motivou as advertências e relatou ter sido xingado pelo comandante do time baiano após a expulsão.

 

“Após ser advertido, continuou a protestar contra as decisões da arbitragem, com seguintes dizeres: “C*, eu não posso falar com você não? Tá de sacanagem”. Após ser expulso o mesmo continuou reclamando com seguintes dizeres ofensivos: “Vai tomar no c*, tá de sacanagem, vai perder o jogo desse jeito”. Informo que o mesmo saiu lentamente das intermediações do campo de jogo. O treinador expulso no túnel dos vestiários quando a arbitragem retornava para o campo de jogo no segundo tempo, veio em direção a arbitragem dizendo as seguintes palavras “Você errou em minha expulsão, espero que você seja um grande árbitro desse jeito”, escreveu o juiz.

Com o revés em casa, o Jacuipense caiu para a sétima posição com 17 pontos na tabela de classificação do Grupo A, dois pontos abaixo do G-4, que tem o Paysandu na quarta colocação. O próximo compromisso é no sábado, às 15h, contra o Ferroviário, no Estádio Domingão.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*