Em 2012, Bahia bateu o Santos de Neymar na Vila Belmiro; relembre

Último triunfo do Bahia sobre o Santos na Vila Belmiro aconteceu em 2012

O Esporte Clube Bahia entra em campo neste domingo para tentar encerrar o primeiro turno do Campeonato Brasileiro da Série A 2020 fora da zona de rebaixamento. Para não depender de outros resultados, o Esquadrão precisa vencer o Santos, em duelo agendado para 18h15, na Vila Belmiro, onde venceu o time santista pela última vez em 2012. Naquele ano, aplicou 3 a 1 de virada no time de Neymar, pela 20ª rodada da Série A. De lá para cá, foram cinco jogos, com cinco derrotas atuando na Vila.

 

No dia 29 de agosto de 2012, o tricolor, comandado pelo técnico Jorginho, saiu atrás no placar com gol de André, mas voltou para o segundo tempo avassalador e conseguiu a virada sobre o Santos na Vila Belmiro, por 3 a 1, com gols de Souza “Caveirão”, Neto (falta) e Gabriel. O Esquadrão jogou aquele jogo com Omar; Neto, Danny Morais, Titi e Jussandro; Hélder (Mancini), Diones e Fahel; Gabriel, Zé Roberto (Caio) e Souza (Lucas Fonseca). Já o Peixe tinha no seu time jogadores como Paulo Henrique Ganso, Felipe Anderson e Neymar.

Santos e Bahia já se enfrentaram 52 vezes, com 25 vitórias santistas, 10 empates e 17 triunfos do Bahia. Contando apenas os 38 duelos pelo Campeonato Brasileiro, o Peixe obteve 18 vitórias, enquanto o Tricolor venceu 13 vezes, além de 7 empates. Já nos jogos na Vila Belmiro, a situação é ainda mais favorável ao Santos. Em 25 embates, o time santista venceu 16, empatou 2 e perdeu 7 vezes para o Bahia.

RELEMBRE O 3 A 1 NA VILA

DADOS DO JOGO:

Santos 1 x 3 Bahia
Data: 29/08/2012, quarta-feira, 19h30.
Competição: Campeonato Brasileiro – 20ª rodada
Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos, SP.
Público: 8.612 pagantes
Renda: R$ 186.425,00
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)
Auxliares: Ediney Guerreiro Mascarenhas e Rodrigo Henrique Correa (ambos do RJ).
Cartões amarelos: Bruno Peres (S); Jussandro e Danny Morais (B).
Gols: André (14-1); Souza (13-2), Neto (17-2) e Gabriel (27-2).

SANTOS
Rafael; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, Durval e Juan; Adriano (Bill), Arouca, Patito Rodríguez (Felipe Anderson) e Paulo Henrique Ganso; Neymar e André (Victor Andrade). Técnico: Muricy Ramalho

BAHIA
Omar; Neto, Titi, Danny Morais e Jussandro; Fahel, Diones, Hélder (Mancini) e Zé Roberto (Caio); Gabriel e Souza (Lucas Fonseca). Técnico: Jorginho

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*