Lisca elogia Bruno Pivetti e diz que demissão no Vitória foi precoce

"essas coisas no futebol brasileiro que tem que ter cuidado", disse

Foto: Mourão Panda / América

O técnico Lisca faz um excelente trabalho no América-MG, que ocupa a vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, dois pontos abaixo da Chapecoense, e na Copa do Brasil, largou na frente ao vencer o Corinthians por 1 a 0. Entrevistado no canal SporTV, Lisca saiu em defesa dos treinadores brasileiros, que vêm perdendo um pouco do espaço para técnicos estrangeiros, e citou Bruno Pivetti, ex-técnico do Vitória, como exemplo de um treinador da nova geração com muito potencial. Lisca frisou que o Vitória tinha um time organizado e que o colega de profissão foi demitido precocemente do clube rubro-negro.

 

“A gente está melhorando muito, principalmente com treinadores da nova geração. Joguei contra o Vitória 14 dias atrás, o treinador era o Bruno Pivetti. Esse cara tem um conteúdo tão grande, um posicionamento desportivo e uma periodização tática de primeiro nível. O time do Vitória estava organizado, com padrão bom e a gente ganhou o jogo. Mas no outro dia ele foi demitido. Então, essas coisas no futebol brasileiro que tem que ter cuidado, porque tem vários trabalhos bons da Série B”, posicionou.

Bruno Pivetti comandou o Vitória em 19 partidas. Foram quatro vitórias, nove empates e seis derrotas. Ele deixou o Rubro-Negro com um aproveitamento de 36,8%. O treinador assumiu o Leão durante a paralisação e na retomada do futebol não conseguiu classificar a equipe para a segunda fase do Campeonato Baiano, além disso, foi eliminado para o Ceará nas quartas de final da Copa do Nordeste. Na Série B, o Leão era o 10º colocado com 18 pontos quando Pivetti foi demitido.

 

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*