Ex-Bahia e Vitória, atacante deixa o Operário para repensar a carreira

“É uma decisão que eu já vinha pensando há algum tempo"

O atacante Roger, que passou pela dupla Bahia e Vitória com relativo sucesso, notadamente atuando pelo Leão, hoje com 35 anos, surpreendeu a todos e anunciou a sua despedida do Operário, após oito jogos disputados e um gol marcado pelo Campeonato Brasileiro da Série B. Sem revelar o motivo, o atleta afirmou que vai repensar a sua carreira e cogita até pendurar as chuteiras. O centroavante foi contratado pelo Operário em agosto, após ter disputado o Paulistão pela Ponte Preta. O jogador também acumula passagens por outros clubes como São Paulo, Palmeiras, Sport, Fluminense, Ceará, Athletico, Botafogo, Internacional e Corinthians. Na nota, ele diz que a decisão já tinha sido tomada há algum tempo.

 

“É uma decisão que eu já vinha pensando há algum tempo. Quero agradecer a Deus por essa oportunidade, agradecer ao Daniel [Kaminski, gerente de futebol], que fez a ponte e me convenceu a abraçar esse projeto. Quero agradecer ao Carlinhos [Albuquerque] por todo o carinho e atenção que teve comigo, ao professor Gersinho, Diego, Edu, toda a comissão. Ao nosso torcedor, ao povo de Ponta Grossa, obrigado por todo o carinho dado a mim e à minha família. Estou dando um tempo na minha carreira. Agora é tempo de avaliar algumas coisas. Até aqui estou muito realizado como atleta. Fica aqui a minha gratidão a vocês pelo respeito de todos. Ao torcedor do Fantasma, fica meu carinho, minha torcida ao Operário para que o objetivo da Série A seja alcançado”, explicou Roger entrevista ao site oficial do Operário.

Comentários:

2 Comentário

  1. Elias , Marcelinho poderia tomar vergonha na cara e fazer mesmo Fred é outro ontem o Flu parecia que tinha a menos e não é idade eles que não se cuida ótima atitude de Roger

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*