Em dia de festa, Manaus estreia goleiro contra o Jacuipense na Arena da Amazônia

Jacuipense pode entrar no G4 se vencer o Manaus

O Manaus enfrenta hoje à tarde a Jacuipense pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, às 17h, na Arena da Amazônia, em um dia especial para os amazonenses. Hoje a capital amazonense completa aniversário de 351 anos e o elenco do clube falou sobre a importante data. Os donos da casa tem 14 pontos na competição e está na sexta posição na tabela de pontuação, enquanto o time baiano já somou 16, logo, trata-se de um duelo de seis pontos, notadamente para a Jacuipense que na hipótese de triunfo e se for somado com um tropeço do Ferroviário contra o Vila Nova em Goiânia significa o acesso do time Baiano no G4 pela primeira vez.

 

Nascido em Manaus, o volante Márcio Passos falou sobre o presente que gostaria de dar para a cidade neste dia. “O nosso time já leva o nome da cidade, uma homenagem à nossa cidade. Eu sou daqui também, e uma vitória é sempre bom, sendo ainda no aniversário da cidade, seria um presente maravilhoso. A gente espera trazer um pouco de alegria para o pessoal de Manaus comemorando não só o aniversário da cidade, mas também essa vitória, que com certeza vamos correr muito atrás para conseguir”, disse o jogador.

Quem também espera presentear a cidade é o técnico potiguar, Luizinho Lopes. “O MANAUS em ele ter nome de Manaus, ele já nasceu muito grande. Cidade espetacular, uma cidade muito importante, de um Estado muito importante em nível mundial. A gente espera poder presentear o povo com uma grande vitória”, disse o treinador em entrevista ao site oficial do clube da amazonense.

O goleiro Gleibson, que substitui o suspenso Jonathan, fará sua estreia na Série C. Ele também falou sobre as expectativas para o confronto. “A gente sabe da importância desse jogo para nós na competição. É trabalhar e conseguir fazer defesas e sair com o resultado positivo. Vai ser muito importante para nós”, disse o goleiro.

Gleibson estava no banco de reservas no primeiro jogo contra a Jacuipense, quando o Gavião do Norte sofreu o primeiro revés na competição (1 a 0) no estádio do Pituaçu, em Salvador, na Bahia, e sabe que vem pedreira pela frente. “A gente sabe que todos os jogos da Série C são difíceis. O jogo lá na Bahia foi difícil para nós. É prestar atenção no que eles propõem e fazer nosso papel. Com certeza a gente vai trabalhar firme para conseguir o nosso objetivo que são os três pontos e dedicar essa vitória de presente para a cidade de Manaus”, finalizou o jogador.

JOGOS DA 12ª RODADA DA SÉRIE C

SÁBADO, 24/10
17h00 – Treze x Paysandu
17h00 – Manaus x Jacuipense
19h00 – Remo x Imperatriz

DOMINGO, 25/10
18h00 – Santa Cruz x Botafogo-SP

SEGUNDA, 26/10
20h00 – Vila Nova x Ferroviário

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*