Brasileiros entram em campo pela Sul-Americana; Bahia reestreia na quinta-feira no Peru

Bahia enfrenta o Melgar nesta quinta-feira no Estádio Nacional de Lima

De todos os torneios pausados em decorrência da crise do coronavírus, que afetou e ainda afeta todas as partes do mundo, a Copa Sul-Americana que tem o Bahia como um dos representantes brasileiros, foi a última a retomar as atividades na última terça-feira com a realização de três jogos envolvendo clubes do Uruguai, Colômbia, Chile e Bolívia. Nesta quarta-feira, teremos a continuidade com mais outros sete jogos, porém, desta vez, já com a participação de dois clubes brasileiros. Já o Esporte Clube Bahia cercado de muita expectativa e também de muita desconfiança entra em campo só na quinta-feira enfrentando o Melgar da cidade Arequipa do Peru, porém, o jogo acontece no Estádio Nacional do Peru, em Lima.

 

O primeiro a entrar em campo é o São Paulo, do técnico Fernando Diz, que  às 19h15 enfrenta do Lanús, no Estádio La Fortaleza, em Buenos Aires (ARG). O Clube Paulista busca o bicampeonato da competição após levantar o troféu em 2012. O confronto de ida válido pela segunda fase da competição continental marcará o primeiro encontro do São Paulo com clube argentino na história. Já a decisiva partida de volta, no Morumbi, está agendada para o dia 4 de novembro, também às 19h15.

O time são-paulino, que chegou ao campeonato após ficar com o terceiro lugar no Grupo D da Conmebol Libertadores deste ano, disputará a Copa Sul-Americana pela 12ª vez. Campeão em 2012, o time alcançou a semifinal em três oportunidades: 2003, 2013 e 2014. O Lanús chegou a segunda fase vencendo e perdendo para Universidad Católica de Quito por 3 x 0 e 2 x 0, respectivamente, avançando na competição amparado pelo critério de saldo de gols.

Outro Brasileiro em ação também nesta quarta-feira será o Vasco da Gama que se classificou para a segunda fase após derrotar o Oriente Petrolero, da Bolívia. O time carioca venceu o primeiro jogo no Rio por 1 a 0 e empatou sem gols fora de casa e agora terá como o adversário do vez o Caracas da Venezuela em partida que acontece às 21h30, em São Januário, no Rio de Janeiro. Está será sétima participação do Vasco na Sul-Americana, competição que começou a ser disputada no ano de 2002 substituindo a Copa Conmebol e a Copa Mercosul

O Caracas, da Venezuela chegou ao tal estágio da competição herdando uma vaga assim como São Paulo por terminar na terceira colocação do Grupo H da Libertadores, com 7 pontos, e foi eliminado no saldo de gols pelo Libertad, do Paraguai.

Criada em 2002, quatro clubes brasileiro conquistaram o titulo. São Paulo, Chapecoense, Internacional e por último o Athletico Paranaense ao vencer Junior Barranquilla da Colômbia por 4 a 3, nos pênaltis, na Arena da Baixada em um ano que o Esporte Clube Bahia fez uma belíssima campanha e somente eliminado também nos pênaltis pelo Athletico que na sequência conquistou o titulo inédito para os paranaenses. Apenas o Boca Junior é detentor de dois títulos da competição.

JOGOS DE IDA DA 2ª FASE DA SUL-AMERICANA 

TERÇA, 27/10
Unión La Calera (CHI) 0 x 0 Tolima (COL)
Audax Italiano (CHI) 1 x 1 Bolívar (BOL)
Sport Huancayo (PER) 1 x 1 Liverpool (URU)

QUARTA, 28/10
Vasco x Caracas (VEN)
Lanús (ARG) x São Paulo
Fénix (URU) x Huachipato (CHI)
Vélez Sarsfield (ARG) x Peñarol (URU)
Atlético Nacional (COL) x River Plate (URU)
Millonarios (COL) x Deportivo Cali (COL)
Sportivo Luqueño (PAR) x Defensa y Justicia (ARG)

QUINTA, 29/10
Melgar (PER) x Bahia
Coquimbo Unido (CHI) x Estudiantes de Mérida (VEN)
Independiente (ARG) x Atlético Tucumán (ARG)
Unión (ARG) x Emelec (EQU)
Sol de América (PAR) x Universidad Católica (CHI)
Plaza Colonia (URU) x Junior Barranquilla (COL)

Os Campeões

 

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*