“Um dos piores momentos do futebol que eu vi”, diz Bellintani após revés

"Não segue. O jogo de hoje foi muito ruim, principalmente primeiro tempo"

Logo após a derrota para o Flamengo, por 5 a 3, na noite desta quarta-feira, no Estádio Metropolitano de Pituaçu, o presidente do Esporte Clube Bahia anunciou a demissão do técnico Roger Machado. O mandatário frisou que a forma como o time perdeu não foi normal e que foi “um dos piores momentos do futebol” que ele viu, sendo determinante para a demissão do treinador que estava no clube desde abril de 2019 e vinha sendo bancado pela diretoria mesmo após os insucessos em algumas competições, como a Copa do Nordeste esse ano, perdendo a final para o Ceará, e a Copa do Brasil, sendo eliminado na primeira fase.

 

“Não segue. O jogo de hoje foi muito ruim, principalmente primeiro tempo. Não foi derrota normal, foi derrota muito ruim. Nos outros jogos, a gente flutuou em bons e maus momentos, mas vi torcedores reclamando que empatou com São Paulo porque faltou ambição. Talvez ambição seja botão que aperta e resolve. Não é assim que funciona. A gente quase ganha do São Paulo lá, Empatou com Palmeiras no último minuto”, disse o presidente.

“Hoje foi a pior partida que eu vi o Bahia fazer no campeonato. O primeiro tempo, talvez tenha sido o pior momento de um jogo que eu vi na presidência do clube. Um dos piores momentos do futebol que eu vi. Mas não se compara com as partidas contra Palmeiras e São Paulo. Não concordo com ideia de que jogamos mal o tempo todo. Senão não estaríamos em 8º e com jogo a menos na tabela”, continua.

“Não fomos ruins contra Palmeiras, São Paulo. Não acredito nisso. Foram jogos muito competitivos contra dois times muito poderosos do cenário nacional. Acho que qualquer time do Brasil hoje está disputando para ver quem é mais competitivo. Mas as torcidas, não só a nossa, querem ver espetáculo o tem os jogadores ficaram parados três meses. E depois mais um ou 49 dias sem disputar jogo oficial. Isso nunca aconteceu na carreira de nenhum atleta. Não tem show hoje em nenhum lugar. Não tem partidas que sejam brilhantes tecnicamente”, continuou.

 

Comentários:

3 Comentário

  1. Eu fico indignado quando ouço e vejo uma pessoa que nada sabe sobre o jogo de futebol querer avaliar uma partida de futebol. Essa pessoa pensa que por ser o presidente de um clube é capacitada para isso. Logo se vê que não sabe nada, diante de um time fraco, sem peças de reposição, o que significa dizer,elenco insuficientemente capaz de competir num campeonato tão dinâmico e extenso, o tal presidente quer esperar para tomar decisões de contratar. Porém, diante dessa situação, ele vende e negocia jogadores que fazem parte desse elenco. Lamentável, essa pessoa deveria se ater ao único espaço em que ele conhece, política e nada mais. Está usando o Bahia como plataforma política. Abre os olhos torcedor, vamos tirar esse sanguessuga do Bahia.

  2. Discordo. O Flamengo deu show ontem. Os 3 últimos gols de ontem foi de um time que sabe tratar a bola e que já entrou em ritmo de competição. Os 2 primeiros gols do Flamengo nos leva a 3 opções: falta de compromisso do elenco para com o clube, a torcida, o treinador e os dirigentes, ou falta de entrosamento da zaga em especial e do esquema tático como um todo, ou por último falta de qualidade de um zagueiro e um goleiro que prefiro não citar os nomes porque já são sabidos por todos. Seja qualquer das opções, a torcida já canta essa pedra há muito tempo e só o treinador, com apoio do Presidente, não sabiam.

    • Não vi nada disso, é verdade que o Flamengo tem um bom elenco, mas, o futebol que as pessoas acham que o Flamengo joga até agora no ano de 2020 eu não vi. O que vi foi um Bahia apático, sem vigor físico, sem motivação, mal escalado e totalmente descompromissado. Caso o nosso adversário tivesse sido o Atlético Mineiro, o placar teria ido para 2 dígitos

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*