Após entrar em lista de dispensa, ex-Bahia é reintegrado no Cruzeiro

O comunicado oficial foi feito pelo departamento de comunicação do clube

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Após passagem apagada pelo Esporte Clube Bahia, Giovanni chegou ao Cruzeiro para reforçar a lateral-esquerda, no entanto, disputou sete jogos e não agradou, perdendo espaço com o técnico Enderson Moreira. Antes ainda da demissão de Enderson, Giovanni foi afastado do elenco principal um mês após ser contratado, junto com o lateral João Lucas e os atacantes Welinton e Judivan. No entanto, após a chegada de Ney Franco, as coisas mudaram e a pedido do treinador, o ex-tricolor foi reintegrado ao elenco principal. O comunicado oficial foi feito pelo departamento de comunicação do clube na última segunda-feira (21).

 

De acordo com a comunicação do clube, Giovanni retorna aos treinos para ficar à disposição do técnico Ney Franco nas partidas da Série B do Campeonato Brasileiro. “A pedido da comissão técnica, o lateral-esquerdo Giovanni passa a ficar à disposição para os treinamentos e partidas do clube na Série B do Campeonato Brasileiro”, diz o comunicado.

Giovanni não é aproveitado em jogos desde o fim de agosto. A última partida do jogador foi na derrota por 2 a 1 para o América, na sexta rodada da Segunda Divisão. Durante a partida o jogador foi substituído pelo garoto Matheus Pereira, que ganhou a condição de titular a partir de então.

PASSAGEM PELO BAHIA

Contratado em julho de 2019, chegou ao Bahia para fazer sombra ao titular (na ocasião) Moisés, porém, entrou em campo apenas 10 vezes pelo Campeonato Brasileiro. Além disso, no início do ano, a diretoria tricolor buscou as contratações de Juninho Capixaba e Zeca para a posição. Mas o que atrapalhou mesmo Giovanni foi uma lesão no tendão de Aquiles no final do ano passado.

Natural de Santos, interior de São Paulo, Giovanni Palmieri dos Santos, de 30 anos, surgiu nas divisões de base do Noroeste e acumula passagens por Botafogo-SP, Guaratinguetá, Criciúma, Fluminense, Náutico, América-MG. Antes de chegar ao Bahia, estava defendendo a Ponte Preta no Campeonato Brasileiro da Série B. Ele é irmão do também lateral-esquerdo Emerson Palmieri, do Chelsea.

Deixe seu comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Árbitro mato-grossense apita Caldense x Atlético-BA pela Série D
  2. Árbitro potiguar apita Bahia de Feira x Villa Nova pela Série D

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*