Agora no Bahia, Anderson Martins e Elias rasgam elogios a Mano Menezes

Jogadores do Bahia chegaram por indicação do treinador

Anderson Martins e Mano Menezes no Corinthians, em 2014.

Antes de iniciar o Campeonato Brasileiro, mesmo com a visível necessidade por reforços, o Esporte Clube Bahia não fez nenhuma contratação visando a competição em si, muito pelo contrário, só vendeu alguns jogadores, um deles titular absoluto, o volante Flávio, além de Gustavo, Caíque, sem esquecer de Fernandão que rescindiu contrato. Com a chegada de Mano Manezes, a diretoria após uma avaliação, foi ao mercado buscar os nomes indicados pelo treinador e até aqui anunciou dois velhos conhecidos do treinador: O zagueiro Anderson Martins e o meio-campista Elias. Ambos trabalharam com Mano no Corinthians.

 

Anderson Martins foi treinado por Mano Menezes em 2014, quando acertou com o Corinthians. Na equipe paulista, realizou 21 partidas, entre Brasileiro e Copa do Brasil. Ele fez parceria com Gil, substituindo Cléber, negociado na época com o Hamburgo, da Alemanha. Dos 21 jogos em que o zagueiro esteve em campo, o Corinthians conquistou 10 vitórias, quatro empates e sete derrotas. O Timão sofreu 23 gols no período, média superior a um por partida, mas terminou a Série A com a segunda melhor defesa da competição. Anderson chega ao Bahia como candidato a solução para elevar a produção da defesa, que é a mais vazada do Campeonato Brasileiro, com 18 gols sofridos em dez jogos realizados.

“Tive oportunidade de trabalhar com Mano em 2014 no Corinthians. Aprendi muito, apesar do pouco tempo. Dispensa comentários, todos sabem da sua capacidade de montar equipes e fazer com que o time tenha estrutura de segurança. Ele vai fazer isso muito bem, assim como fez em outras equipes. O pensamento é de ter grandes conquistas juntos”, disse Anderson Martins.

Elias trabalhou com o treinador no Corinthians em duas oportunidades. A primeira delas entre 2008 e 2010, quando a dupla ganhou destaque nacional. Após o período de muitos títulos e sucesso, Mano foi para a seleção brasileira e Elias para o Atlético de Madrid – o jogador, inclusive, foi convocado para a seleção pela primeira vez em sua carreira por Mano Menezes. Os dois voltaram ao Corinthians em 2014, mas o treinador não ficou por muito tempo, deixando o clube para a volta de Tite.

“Ele [Mano Menezes] é um cara muito correto, justo. Sou suspeito para falar porque trabalhei com ele em muitas situações, Corinthians, Flamengo, Seleção. Se tiver que dar dura, vai dar dura. Se tiver que elogiar, vai elogiar. Mano é direto. Eu aprendi muito com ele no Corinthians, tomei muita bronca dele, dura, que não guardo mágoa e sei que me ajudou muito”, disse Elias.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*