Copa do Nordeste: Ceará fatura R$ 3,8 milhões; Bahia recebe R$ 3,3 mi

Bahia recebe R$ 500 mil pela conquista do vice-campeonato

Foto: Felipe Santos/Cearasc.com

A Copa do Nordeste 2020 terminou nesta terça-feira (04), uma noite de muita felicidade para o torcedor Ceará que viu o seu time conquistar o bicampeonato do nordeste de forma invicta e atuando em Salvador, escolhida para sede única do Nordestão por conta da pandemia do coronavírus. Com a conquista, o Vozão faturou R$ 1 milhão e somando todas as fases, entrou nos cofres R$ 3,875 milhões, além de ser o primeiro time do país a ter vaga assegurada nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2021.

 

O Vovô vai se juntar aos oito primeiros colocados do Brasileirão, ao campeão da Série B, da Copa Verde e a outros cinco classificados das primeiras fases. Apenas por participar deste estágio da Copa do Brasil, o Ceará vai embolsar R$2,5 milhões – premiação que pode ser ampliada caso a equipe avance para as quartas de final.

Com o vice-campeonato, o Esporte Clube Bahia ganhou R$ 500 mil, totalizando R$ 3,375 milhões embolsados ao longo da competição. Nas últimas seis edições, o Esquadrão chegou quatro vezes na final e venceu apenas em 2017, superando o Sport-PE na decisão. Perdeu em 2015 para o Ceará; 2018 para o Sampaio Corrêa e 2020 novamente para o Vozão.

Assim como em 2015, o Ceará conquista a Copa do Nordeste de forma invicta, em cima do Esporte Clube Bahia, além disso, vencendo os dois jogos. Cinco anos atrás, aplicou 1 a 0 na Fonte Nova e 2 a 1 no Castelão, terminando com uma campanha de 7 vitórias e cinco empates. Em 2020, empatou os quatro primeiros jogos do torneio, mas se recuperou e se classificou como líder do Grupo B, emplacando sete triunfos seguidos até a conquista do bicampeonato. Eliminou Vitória nas quartas de final vencendo por 1 a 0 e repetindo o placar na semifinal diante do Fortaleza. Na final, placar agregado de 4 a 1.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*