Com o Baianão, 15 estaduais seguem sem data prevista para retorno

Campeonato Baiano ainda não tem data para recomeçar

Foto: Divulgação

Aos poucos, o futebol brasileiro vai se normalizando. O primeiro a retomar foi o Rio de Janeiro e, inclusive, pode ser finalizado nesta quarta-feira caso o Flamengo vença o Fluminense pela final da Taça Rio, conquistando também antecipadamente o Carioca. O segundo Estadual a voltar no Brasil será o Campeonato Catarinense, que volta nesta quarta-feira, após a paralisação em razão da epidemia do novo coronavírus. Um torneio já teve seu fim decretado: o Amazonense. A CBF confirmou as datas de início das Séries A, B e C do Brasileiro para o fim de semana de 8 e 9 de agosto. Até lá, as Federações precisam correr para negociar com as autoridades e conseguir encerrar os Estaduais antes do início das competições nacionais.

 

O Campeonato Catarinense retorna nesta quarta-feira. Dois jogos abrem as quartas de final: Criciúma x Marcílio Dias e Chapecoense x Avaí. No dia seguinte, a fase decisiva terá ainda Juventus x Figueirense e Joinville x Brusque. Todas as partidas serão sem a presença de público.

O site Globoesporte reuniu os Estaduais que ainda não têm previsão de retorno. Ao todo, são quinze, entre eles, o Campeonato Baiano. O desejo da FBF é de recomeçar na segunda quinzena de julho, mas depende da liberação do Governo que prorrogou a proibição de jogos no estado até 12 de julho. Veja todos estaduais abaixo, ainda sem previsão.

Campeonato Baiano

Ainda não há uma data para o retorno do campeonato, porém a federação vive a expectativa de retomar a competição ainda neste mês de julho. Para isso, depende da liberação do governo. O que já está decidido é que o Baianão não será disputado em uma única sede.

Campeonato Acreano

Ainda não há data de retorno, e os clubes seguem proibidos de treinar. A federação quer agendar uma reunião com a Prefeitura de Rio Branco para apresentar um protocolo alinhado com o da CBF voltado para a realidade local, para tentar fazer com que as autoridades autorizem o retorno das atividades.

Campeonato Amapaense

A Prefeitura de Macapá prorrogou até o dia 3 de agosto o decreto que proíbe a realização de eventos esportivos na cidade. Com isso, o Campeonato Amapaense segue sem data definida para retorno. Os clubes continuam proibidos de treinar.

Campeonato Capixaba

O torneio continua sem data prevista para retornar. A federação aguarda o aval do governo do estado para liberar a volta dos clubes aos treinos e, num segundo momento, determinar a data de retorno do torneio.

Campeonato Gaúcho

A federação propôs o reinício no dia 19 de julho, mas o governo já descartou informalmente essa data e sinaliza com a liberação no fim do mês ou no início de agosto. A FGF trabalha com o dia 26 como data-limite, a fim de evitar conflito com o calendário da CBF. Diante da indefinição, cresce, nos bastidores, a possibilidade de o campeonato ser dado como encerrado.

Campeonato Goiano

O torneio dificilmente será retomado antes do fim do ano. A maioria dos clubes do interior não tem condição financeira de remontar os elencos. Uma ideia que agrada aos clubes menores é retomar o Goianão em dezembro. Dessa forma, os elencos seriam formados para encerrar o campeonato de 2020 e começar o de 2021.

Campeonato Mato-Grossense

Em Mato Grosso, a federação local e os oito times que seguem na competição decidiram terminar o estadual dentro de campo. Porém, ainda sem data definida. Apenas o Cuiabá, que disputa a Série B do Brasileiro, realiza treinos. A maioria dos clubes quer o retorno em novembro ou dezembro.

Campeonato Paranaense

A federação queria retomar o torneio em 15 de julho. A carta de intenções foi encaminhada para a Secretaria Estadual de Saúde, que disse não considerar o momento adequado para a discussão. Junto a isso, o governo do Paraná e a prefeitura de Curitiba ampliaram medidas de isolamento. Na capital, autoridades determinaram a suspensão das atividades dos clubes.

Campeonato Paulista

O Paulistão ainda não tem data para retornar. A previsão da secretaria de esportes é de que as partidas sejam retomadas entre o fim de julho e o início de agosto, o que coincidirá com o início do Brasileirão, projetado para 9 de agosto.

Campeonato Pernambucano

O retorno do torneio depende neste momento da autorização do governo do estado, que está em processo de flexibilização das atividades. Ainda não há data definida. Os clubes da capital retomaram os treinos no dia 15 de junho, e os do interior já estão quase todos de volta às atividades.

Campeonato Piauiense

A data de retorno segue indefinida. Nas últimas semanas, ganhou força a proposta de retomar o torneio apenas em novembro – intuito é fugir do pico da Covid-19 e unir a reta final com a pré-temporada de 2021. Os dirigentes aguardam uma posição final da CBF em relação à Série D para avaliar o melhor encaixe no calendário.

Campeonato Potiguar

A retomada do futebol no Rio Grande do Norte ainda não tem data definida. A federação apresentou protocolo elaborado por uma comissão médica à Secretaria Estadual de Saúde Pública, mas ainda não recebeu o aval para que os clubes voltem aos treinos. Por isso, o América-RN decidiu realizar intertemporada de 10 dias em Pernambuco.

Campeonato Roraimense

A Federação Roraimense de Futebol aguarda liberação das autoridades para projetar o retorno do futebol no estado. Até então, nenhum protocolo foi adotado para a retomada, e não há data de volta definida.

Campeonato Sul-Mato-Grossense

Os clubes decidiram apenas que a competição deve ser finalizada em campo em 2020, sem data definida de retorno. O plano inicial é de volta do campeonato em dezembro.

Campeonato Tocantinense

O torneio está sem data definida de volta, e os clubes ainda não tiveram autorização para treinar. Por enquanto, os jogadores fazem atividades apenas em casa.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*