Prefeito revela exigência adicional para realização do Nordestão em Salvador

Jogadores terão que fazer exames sempre antes dos jogos

ACM Neto (DEM), prefeito de Salvador (Foto: Max Haack/Secom)

Nesta terça-feira (08), Salvador foi anunciada como sede da Copa do Nordeste 2020, que será retomada no dia 21 de julho e vai até 4 de agosto. Para a realização do torneio na capital baiana, uma série de medidas foram exigidas. Entre elas está a exigência de realizar testes de covid-19 em todos os atletas antes de todas as partidas da competição. A medida foi anunciada pelo prefeito de Salvador, ACM Neto, na manhã desta quarta-feira. Segundo ele, a exigência foi acatada pela Liga do Nordeste e pelos clubes participantes.

 

“Fiz a exigência que todos os jogadores, antes de deixarem a concentração, serão testados. Conseguiremos descobrir se o jogador está contaminado ou não antes dele entrar em campo. Foi uma exigência adicional que fizemos e que foi acatada pela Liga do Nordeste e pelos clubes”, disse ACM Neto.

Segundo ACM Neto, houve um acerto com o governo do estado para estabelecer protocolos para que a cidade pudesse sediar os jogos. “Discutimos com o governo do estado, conversei com governador, analisamos detalhadamente os protocolos, compreendemos que são protocolos seguros e que, portanto, é possível autorizar a realização dos jogos da Copa do Nordeste em Salvador. Clubes terão que cumprir protocolo rigoroso desde a chegada no aeroporto, no caminho do hotel, na concentração, no treinamento e na partida. Até o dia que deixar a cidade. Haverá um protocolo muito rigoroso. O protocolo da CBF é bastante completo”, acrescentou o prefeito de Salvador.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*