Renê Júnior revela motivo de ter saído do Bahia: “Não fui valorizado”

apesar disso, o jogador não guarda mágoas, apenas ótimas recordações

Sem espaço no Corinthians e fora dos planos do técnico Tiago Nunes, o volante Renê Júnior foi emprestado ao Coritiba, onde tenta dar a volta por cima no futebol após duas temporadas sem conseguir atuar com frequência no Timão. O jogador tenta recuperar o bom futebol apresentado no Esporte Clube Bahia entre 2016 e 2017, quando foi destaque na conquista da Copa do Nordeste, virando um xodó da torcida tricolor. Após 57 jogos e 5 gols pelo Esquadrão, sua passagem se encerrou no final de 2017. Em 2018, ele acertou com o Corinthians, mas sofreu com as lesões e não conseguiu se firmar na equipe paulista.

 

Através de sua página no Instagram, Renê Júnior respondeu mensagens de torcedores e uma delas, ao ser questionado porque saiu do Bahia, o jogador disparou: “Não fui valorizado na época”. Na época, o clube vivia a transição da gestão Marcelo Sant’Ana para Guilherme Bellintani. Porém, apesar disso, o jogador não guarda mágoas, apenas ótimas recordações do clube, da cidade e do povo baiano. “Um dos melhores lugares que vivi. Pelo clube, pela cidade e pelo povo baiano […] Passagem boa com o manto aí. Fui feliz. (…) Nação, máximo respeito!”.

Natural do Rio de Janeiro (RJ), Renê dos Santos Junior tem 30 anos e deu os primeiros passos no futebol nas divisões de base do Estácio de Sá e do Madureira-RJ. Acumula passagens ainda por Figueirense, Democrata-GV, Salgueiro, Mogi Mirim, Ponte Preta até chegar aos Santos em 2013. No ano seguinte, foi contratado pelo Guangzhou Evergrande, da China, ficando no futebol chinês duas temporadas e retornando ao Brasil em 2016 para defender a Ponte Preta.

Em setembro de 2016, foi emprestado ao Bahia, onde se destacou, porém, no ano seguinte. Após atuar 9 vezes em 2016, ele se firmou como titular em 2017, entrando em campo 48 vezes e marcando 5 gols. Chamou a atenção do Corinthians que o contratou, no entanto, no Timão conviveu com as lesões e só atuou 13 vezes em duas temporadas (2018-2019) e marcou um gol.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*