Presidente do Jacuipense prega cautela com retorno aos treinos

Campeonato Baiano foi paralisado no dia 17 de março

Foto: Rafael Machaddo

O futebol baiano segue paralisado, não somente as competições, como os treinamentos presenciais. A Prefeitura de Salvador junto com o governo do Estado e o Ministério da Saúde, analisam a situação em conjunto e ainda não recomendam a retomada das atividades nos CT’s. O presidente do Esporte Clube Jacuipense, Gegê Magalhães, prega cautela e afirmou que não vai antecipar em nada. O Leão do Sisal realiza seus treinos em Salvador, no CT Manoel Pontes Tanajura, de propriedade do Vitória.

“Estamos realizando treinos remotos. Compramos equipamentos físicos e nossos atletas estão treinando em casa. Não vamos nos antecipar em nada. O momento é de cautela. Vamos seguir o protocolo da prefeitura de Salvador, do governo do Estado e do Ministério da Saúde. E da Federação Bahiana de Futebol, que é quem vai ditar os rumos”, disse o mandatário ao Bahia Notícias.

O Campeonato Baiano foi paralisado oficialmente no dia 17 de março, restando duas rodadas para o término da primeira fase. Oito times disputam quatro vagas para a semifinal, sendo que o Esporte Clube Bahia lidera com 15 pontos, seguido por Jacuipense, Bahia de Feira e Vitória, formando o G-4. Atlético de Alagoinhas, Juazeirense, Fluminense de Feira e Vitória da Conquista tentam beliscar uma vaga. Doce Mel e Jacobina disputam para ver quem se salva do rebaixamento.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*