Ex-zagueiro do Bahia defende sede única na Copa do Nordeste: “Mais justa”

Tiago foi repassado pelo Bahia ao Ceará no início deste ano

Os clubes da Copa do Nordeste conjuntamente com a Liga que administra a competição decidiram hoje à tarde através de reunião que a competição regional de maior importância do Brasil será concluída em em sede única. Salvador, Fortaleza e Recife brigam para sediar a competição. No entanto, ainda será preciso o aval da CBF e o consentimento do governo local da cidade escolhida. Essa decisão de escolha será exclusivamente da CBF que certamente usará critério tão somente técnico como político. Logo após a decisão em coletiva de imprensa, o zagueiro do Ceará, Tiago Pagnussat que passou pelo Bahia recentemente com sucesso, opinou positivamente sobre a decisão. Para o jogador, atuar em campos e gramados semelhantes, traz mais competitividade.

 

“Eu vejo dos dois pontos, o fator casa e local, que isso com certeza ajuda quem é da cidade, isso conta. Mas por outro lado acredito que seja bom porque todos os jogos serão em campos iguais, bons, e isso faz com que se tenha uma competição mais justa. Mesmo gramado, mesmas condições. Vejo isso com bons olhos”, declarou o jogador.

“Um azar enorme no primeiro jogo do campeonato, depois de toda a preparação, dedicação e você acaba sofrendo um trauma. Acabou me tirando de combate por um mês. Como o Ceará tem jogadores em todas as posições que são muito bons, e competitivos, acabaram que foram muito bem e isso acarretou em poucas oportunidades. Mas futebol é assim, a gente vai trabalhando forte para voltar, voltar bem e estar disposto de estar pronto e ajudar o Ceará dentro de campo”, comentou o defensor.

Por fim, Tiago ainda elogiou bastante o protocolo realizado pelo Ceará no retorno aos treinos presenciais. “Desde o primeiro momento que você pisa do CT, é totalmente monitorado. Desde controle de temperatura, higienização… está tendo tudo controlado. A gente até brinca que toma um susto, porque acha estranha o tanto de protocolos que precisamos fazer para ter a segurança no trabalho. Foi muito bem elaborado. Estamos muito seguros para trabalhar porque está sendo tomados muitos cuidados. Nos higienizando, distanciamento social, máscara, exame de rotina”, completou o zagueiro.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*