Atacante atinge meta e Basel terá que comprá-lo junto ao Palmeiras

Arthur Cabral marcou no domingo e chegou aos 12 gols no time suíço

Diferente do meia Eric Ramires, que acabou sofrendo uma lesão e ficando um tempo afastado dos gramados, o atacante Arthur Cabral atingiu a meta estabelecida no contrato de empréstimo entre Palmeiras e Basel, desta forma, o clube suíço terá que desembolsar 4,4 milhões de euros (cerca de R$ 26 milhões na cotação atual) – uma parte irá para o Verdão e outra para o Ceará, que é dono de 50% dos direitos. Em função das dificuldades financeiras decorrentes da pandemia do novo coronavírus, suíços e brasileiros ainda discutem um meio-termo quanto ao parcelamento. No domingo (21), o atacante marcou o gol na derrota do Basel para o Luzern, chegando aos 12 gols necessários para ativar a obrigação de compra. Ele disputou 26 jogos.

 

De acordo com o site Globoesporte, apesar de não receber o montante de imediato, o Palmeiras diz ter fechado acordo com o clube suíço para eventualmente lucrar ainda mais no futuro: terá direito a 30% do valor da próxima venda do atacante de 22 anos. Paralelamente às conversas com o Basel, a diretoria agora começará a discutir qual quantia será repassada ao Ceará, que no ano passado vendeu 50% dos direitos econômicos do jogador (por R$ 5,5 milhões) e manteve a outra metade. O Palmeiras quer aumentar sua participação no valor pago pelo Basel e, consequentemente, repassar menos da metade para o Ceará. Essa operação, porém, independe do acerto com o clube suíço.

Com contrato encerrando com o Basel no dia 30 de junho, o meia Eric Ramires segue com futuro incerto. Emprestado com obrigação de compra (de 100% dos direitos econômicos por R$ 30 milhões) em caso de cumprimento de metas específicas, o atleta não atingiu as metas estabelecidas, já que seria necessário atuar em 23 jogos. Uma lesão e a pandemia do coronavírus atrapalhou os planos do jogador. No entanto, o Esquadrão ainda aguarda uma decisão do clube suíço e está aberto a negociar caso haja interesse da permanência. Recentemente, foi especulado que o Basel sinalizou com uma proposta de R$ 14 milhões por 50% dos direitos econômicos, o que ainda não se confirmou. Ramires também recebeu sondagens de clubes da França e Itália.

“Ainda não sei sobre a definição do meu contrato, eles estão sentando com os meus empresários para resolver isso. Mas eu estou bem tranquilo em relação a isso, estou trabalhando focado aqui no Basel para que eu possa desenvolver meu trabalho bem, independentemente da situação”, disse.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*