Vitória 5 x 4 Vasco: Reveja os gols do jogo emocionante de 1999

Vitória chegou a estar perdendo por 2 a 0, mas virou o jogo

No dia 19 de novembro de 1999, no Estádio Manoel Barradas, em Salvador, o Esporte Clube Vitória venceu o Vasco por 5 a 4 em duelo emocionante pelas quartas de final do Brasileirão daquele ano, que contou com 9 gols, hat-trick de centroavante, virada e pênalti defendido. Na época, o mata-mata era decidido numa melhor de três e o Leão só jogaria uma vez no Barradão. Com dez minutos de jogo, o Rubro-Negro já perdia por 2 a 0, com dois gols de Viola. A virada com gols de Artur, Fernando e Tuta, todos no primeiro tempo, aos 39 minutos de espetáculo. Mas não acabou por aí.

 

Aos 46 minutos da etapa inicial, Donizete deixou tudo igual. No segundo tempo, o Vitória voltou a ficar na frente com Fernando, mas Donizete igualou: 4 x 4. Eis que, aos 21 minutos do segundo tempo, novo pênalti para o Leão. Fernando bateu e converteu o terceiro na conta pessoal, o quinto dos baianos. Para completar o dia histórico, o Vasco ainda teve um pênalti a seu favor. Juninho bateu, mas Fabio Costa defendeu.

Na sequência, o Vitória empatou os dois jogos seguintes, por 2 a 2 e 1 a 1, ambos em São Januário. Os resultados garantiram o Rubro-Negro Baiano nas semifinais do Brasileirão daquele ano, mas não conseguiu passar pelo Atlético Mineiro, que fez a final com o Corinthians, que conquistou o bicampeonato.

VEJA OS GOLS DAQUELA PARTIDA HISTÓRICA:

FICHA TÉCNICA
Data: 14 de novembro de 1999
Local: Estádio do Barradão – Salvador-BA
Público: 21.101 pagantes
Renda: R$ 188.634,00
Árbitro: Oscar Roberto Godói
Assistentes: Valter José dos Reis e Francisco Rubens Feitosa

Cartões Amarelos
Vitória: Cláudio e Preto
Vasco: Mauro Galvão e Nasa

Gols
Vitória: Artur, aos 13′, Fernando, aos 35′, e Tuta, aos 39′ do 1º tempo. Fernando, aos 10′ e aos 21′ do 2º tempo.
Vasco: Viola, aos 6′ e aos 10′, e Donizete, aos 46′ do 1º tempo. Donizete, aos 15′ do 2º tempo.

Vitória: Fábio Costa; Rodrigo, Moisés, Eloy e Leandro; Baiano, Tácio, Fernando (Pedro Paulo) e Artur; Tuta e Cláudio – Técnico: Toninho Cerezo.

Vasco da Gama: Carlos Germano; Maricá, Odvan, Mauro Galvão e Felipe; Amaral (Paulo Miranda), Nasa (Fabiano), Juninho e Ramon Menezes (Alex Oliveira); Donizete e Viola – Técnico: Antonio Lopes.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*