Lateral elogia estrutura e diretoria do Bahia, e exalta Roger Machado

Juninho é um dos destaques da equipe tricolor na atual temporada

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

A lateral-esquerda era uma das dores de cabeça do torcedor do Bahia no ano passado. Moisés, apesar da regularidade, era bastante contestado por boa parte da torcida e sempre que cometia um erro, recebia uma enxurrada de críticas. Giovanni, que chegou para fazer sombra, se lesionou e mesmo que não tivesse se lesionado, não parecia que ameaçaria a titularidade de Moisés. Em 2020, o Bahia foi ao mercado em busca de reforços para a posição e trouxe uma solução, um velho conhecido da torcida, que chegou sem precisão de aprovação, para pegar a camisa e jogar. Falo de Juninho Capixaba, revelado pelo tricolor e com passagens por Corinthians e Grêmio. Moisés foi para o Inter, em troca por Zeca, mas Capixaba assumiu a titularidade e atuou em todos os 10 jogos do time antes da paralisação.

 

Em entrevista ao portal “BolaVip”, Capixaba elogiou a estrutura do clube e o técnico Roger Machado. “Acho que tudo parte da estrutura e da seriedade com que o Bahia trabalha. Temos um centro de treinamento de excelência, profissionais capacitados e uma diretoria que se preocupa muito em fazer o Bahia ser cada vez mais gigante. E o Roger faz parte de tudo isso. Ele é um cara que esteve dentro de campo e entende muito de futebol. Sabe lidar com os jogadores, sabe explorar nossas potencialidades e consegue transferir isso para a equipe. Acredito que o Bahia possui um treinador de muita qualidade”, completou.

Juninho frisou que passou por três clubes com torcidas apaixonadas e exigentes, mas ressaltou que a melhor forma de lidar com a pressão é trabalhando sério e se doando em campo. “São três torcidas apaixonadas, que estão sempre do seu lado e também exigem muito. Acho que a melhor forma de lidar com esse tipo de pressão é trabalhando sério e se doando ao máximo quando estiver dentro de campo. O torcedor sabe que no futebol nem sempre se vence, então o que ele exige é que quem entre em campo esteja comprometido e dê a vida durante a partida. E se você se compromete, o torcedor reconhece”, afirmou o lateral.

Natural de Cachoeiro de Itapemirim (ES), Luis Antonio da Rocha Junior, mais conhecido como Juninho Capixaba, tem 22 anos, e surgiu nas divisões de base do Esporte Clube Bahia. Foi promovido ao elenco profissional em 2017, atuando 25 vezes pelo time principal e atraindo o interesse do Corinthians, que desembolsou R$ 5,8 milhões por 70% dos direitos econômicos do atleta, além de ter cedido o goleiro Douglas.

Sem despontar no Timão e apenas 9 partidas disputadas, foi emprestado ao Grêmio que mais tarde pagou R$ 4 milhões, em 10 parcelas, além de ter cedido 10% dos direitos do volante Ramiro, para ficar em definitivo com o lateral. No total, vestiu a camisa gremista em 35 jogos e marcou 5 gols. De volta ao Bahia, Capixaba atuou em todos os 10 jogos antes da paralisação e vem se destacando como um dos melhores da equipe.

Deixe seu comentário!

2 Comentário

  1. Cansado de pagar valores abusivos de tv todos os meses?
    Tenha agora mesmo sua Conta/Login!!!!
    Telecine Play, Premiere Futebol Clube, HBO Go, Sportv 1 2 3, ESPN, entre outros!
    todas as contas por 50,00 pagamento unico valido por 1 ano…

    Atendimento What: 11 93351-2558

  2. PRECISANDO DE CONTA/LOGIN VEM!
    HBO, TELECINE, PREMIERE FC, SPORTV, ESPN entre outros.
    TODOS POR 50,00 PAGAMENTO UNICO VALIDO POR 1 ANO…
    Não é IPTV nem CS!

    Atendimento What: 11 93351-2558

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*