Hepta de 79 é escolhido como o título estadual mais marcante do Bahia

Década de 70 foi muito especial para o Bahia. Venceu 8 dos 10 estaduais

Time do hepta. Em pé: Luis Antônio, Toninho, Sapatão, Zé Augusto, Baiaco e Romero. Sentados: Botelho, Douglas, Caio, Peres e Gilson (Foto: Hipolito Pereira/Arquivo CORREIO)

Em enquete realizada pelo site Globoesporte e com o resultado divulgado após a reprise de Bahia 3 x 3 Vitória neste domingo, na TV Bahia, pelo Campeonato Baiano de 2012, o torcedor do Esquadrão escolheu o heptacampeonato de 1979 como o título mais marcante da história do clube desbancando as conquistas de 94, 98 e 2012 (veja a votação abaixo). Conhecida como “Década de Ouro”, os anos 70 para foi muito especial para o Esquadrão. Em apenas dois daqueles dez anos o tricolor não levou o título estadual, perdendo para um Vitória (72 e 80). O Bahia foi campeão nos outros anos 1971, 1973, 1974, 1975, 1976, 1977, 1978 e 1979). Quatro jogadores participaram de toda a campanha de sete títulos consecutivos do Campeonato Baiano: Sapatão, Douglas, Baiaco e Fito, este o autor do gol do sétimo título, no lance que ficou eternizado pela falha do goleiro rubro-negro Gelson após chute de fora da área.

 

Curiosamente, o zagueiro Élcio, ou melhor, Sapatão, não estava no elenco de 1972, que perdeu o título para o Vitória. Nesse ano, ele defendia o Santa Cruz e foi campeão pernambucano. Chegou ao Bahia em 1973 para marcar seu noem na história do clube. Passou quase uma década inteira sendo campeão em uma época em que os estaduais tinham tanto ou até mais valor do que o Campeonato Brasileiro, criado apenas em 1971 – os torneios Taça Brasil e Roberto Gomes Pedrosa, disputados de 1959 a 1970, foram oficializados pela CBF em 2010 como equivalentes ao Brasileirão.

VEJA A VOTAÇÃO

Hepta em 79 – 52.55%
Gol de Raudinei em 94 – 32.6%
Quebra do jejum em 2012 – 11.8%
Primeiro título no Barradão em 98 – 3.05%

Deixe seu comentário

1 Comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Contrato chega ao fim e lateral deixa o Esporte Clube Bahia

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*