Em 92, Fluminense de Feira chegou perto de conquistar seu 1º título nacional

Em 1992, o time feirense chegou na grande final da Série C

O ano de 1992 ficou marcado na história do Fluminense de Feira. O Touro do Sertão chegou perto de conquistar o seu primeiro título nacional. Depois de eliminar times como ASA, Sergipe, Catuense, Matsubara e Rio Pardo, o Touro chegou à final da série C contra a Tuna Luso. Venceu o primeiro jogo por 2 a 0 no Estádio Joia da Princesa, mas perdeu o segundo por 3 a 1, em Belém. A Tuna Luso jogava por dois resultados iguais e papou o título. Com esse vice campeonato o Fluminense garantiu o direito de participar da série B no ano seguinte, que só não se concretizou em função de mais uma virada de mesa dos cartolas que em 1993, mudaram a fórmula do Campeonato Brasileiro da Série A elevando 12 clubes da Série B, inviabilizando a realização do certame naquele ano.

 

O Fluminense de Feira foi campeão baiano em duas oportunidades (1963 e 1969) e ficou com o vice-campeonato em seis edições (1956, 1968, 1971, 1990, 1991 e 2002). Também já conquistou Copa SERBA em 2006, torneio organizado pela FBF, além da Taça Estado da Bahia (1998) e duas vezes a Copa Governador do Estado da Bahia (2009 e 2015). Em 2003, foi vice-campeão da Copa do Nordeste perdendo o título para o Esporte Clube Vitória.

Confira outras novidades da história do Fluminense de Feira:

Um grupo de jovens de Feira de Santana, fanáticos pelo Fluminense do Rio de Janeiro, fundaram o clube em 1º de janeiro de 1941. Por isso surgiu o nome, o escudo e as cores do time.

O Fluminense ganhou o apelido de Touro do Sertão por causa do seu mascote, que é um touro. Ele foi escolhido por representar força e poder, que são consideradas até hoje características do Fluminense de Feira.

O clube foi campeão amador em 1947, 1949, 1950 e 1953, profissionalizando-se em 1954, quando aconteceu o primeiro grande passo na história do clube. Ele foi convidado pela Federação Baiana de Futebol a se profissionalizar, e em 6 de junho do mesmo ano, empatou com o Vitória no Estádio da Fonte Nova por 1 a 1 em sua estreia. O gol da equipe foi marcado por Alfredo.

O Fluminense foi o primeiro clube do interior a disputar o Campeonato Baiano de Futebol e, com apenas dois anos de profissionalismo, em 1956, conquistou seu primeiro vice-campeonato baiano.

Em 1963, o Fluminense se tornaria campeão baiano de futebol, conquistando o título em cima do Bahia. Essa história se repetiria em 1969, contra o mesmo Bahia, se tornando bicampeão baiano.

Com o título baiano de 63, o Fluminense ganhou o direito de disputar a primeira divisão nacional, a extinta Taça Brasil. O time superou as expectativas e chegou até as quartas de final, quando foi eliminado pelo Ceará. Na década seguinte, participou mais três vezes da elite do futebol Brasileiro, em 1976, 1977 e em 1979.

O Flu de Feira já disputou por 6 vezes a série B do Campeonato Brasileiro. Foi nos anos de: 1972, 1983, 1986, 1988, 1989 e 1991.

O Flu de Feira participou da Copa do Brasil em três ocasiões (1991, 2003 e 2018), sendo que em 1991, conseguiu avançar até as oitavas-de-final, quando foi eliminado pelo Grêmio.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*