Diretor jurídico do Vitória se pronuncia após denúncia do time feminino

"Preciso apurar isso com o setor financeiro", disse

Em contato ao site Globoesorte, jogadoras da equipe feminina do Esporte Clube Vitória denunciaram atraso no pagamento dos salários e também da ajuda de custo, que chega a três meses. Em abril, o clube rubro-negro havia informado que utilizou o dinheiro da CBF para quitar dívidas com as atletas do time desfeito no ano passado. O elenco atual receberia os salários no final do último mês, mas, segundo as atletas, ainda não ocorreu. O diretor jurídico do Leão, Dilson Pereira, ressaltou em entrevista ao site Bahia Notícias que precisa apurar o ocorrido, mas afirmou que o clube honrará a dívida.

 

“Preciso apurar isso com o setor financeiro. Nós do clube sabemos que temos que liquidar a situação com o futebol feminino. Recebemos o repasse da CBF e será destinado ao futebol feminino. Em abril, foi usado para liquidar uma pendência com o futebol feminino e ficou uma programação para o mês de maio. Pode ter acontecido algum tipo de atraso, não sei o por que. Recentemente, o Vitória teve uma penhora nas suas contas o que pode ter impactado. Mas o Vitória tem ciência da situação e está empenhado em resolver o assunto. Temos o dever de prestar contas à CBF, então o Vitória vai cumprir religiosamente com suas obrigações”, afirmou em entrevista ao Bahia Notícias.

Ainda segundo a publicação, como citou acima uma jogadora do grupo, o auxílio enviado pela CBF de R$ 120 mil , já que o Vitória está na Série A1 do Brasileiro feminino, não chegou às contas das atletas. São salários de R$ 600, R$ 1 mil e R$ 1,3 mil. O diretor jurídico do clube salientou que foi informado sobre a atualização de pagamento de alguns valores em abril. Questionado sobre a denúncia das atletas, o dirigente afirmou que iria apurar, mas ressaltou que o clube tem obrigação de destinar a ajuda enviada pela Confederação Brasileira de Futebol ao futebol feminino até mesmo para prestar contas.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*