Com ares de recomeço, Esporte Clube Vitória completa 121 anos

Leão da Barra é o maior campeão da Copa do Nordeste

Recém-saído de um longo período de turbulência política que resultou como consequência maior no rebaixamento para a segunda divisão em 2018 e a necessidade de uma reforma do estilo do piso ao telhado. Atravessando uma enorme crise financeira, agravada pela chegada mortal da COVID-19 que empurrou e ainda empurra o clube para um recesso desde 15 de março, o Esporte Clube Vitória completa nesta quarta-feira 121 anos de fundação com ares de recomeço com a eleição de Paulo Carneiro em abril do ano passado.

 

O Leão é o terceiro clube de futebol mais antigo do país, atrás somente do Rio Grande (RS) e Ponte Preta (SP). Neste período, o Esporte Clube Vitória conquistou 29 títulos estaduais, e pela Copa do Nordeste ganhou em quatro oportunidades nos anos de 1997, 1999, 2003 e 2010.

Foi o primeiro clube social nacional ser fundado apenas por brasileiros (antes dele, a grande maioria tinha sido fundado por estrangeiros residentes no Brasil) e um dos primeiros clubes do Brasil a praticar o futebol. O Club de Cricket Victoria, nome com o qual foi fundado, numa alusão à região em que seus fundadores moravam, o Corredor da Vitória, também foi o pioneiro em diversos esportes na Bahia e no Nordeste, como o voleibol, a natação, o pólo aquático, o basquetebol e outros. O seu estádio, Manoel Barradas, foi construído em 1986, e foi decisivo no fortalecimento do clube, principalmente na divisão de base que revelou grandes jogadores. Em 1993, chegou a disputar a final do Brasileiro, mas perdeu o título para o Palmeiras. Em 2010, voltou a bater na trave, ficando com o vice-campeonato da Copa do Brasil ao perder para o Santos.

Na atual temporada, antes da parada, o Leão é o quarto colocado no Campeonato Baiano após somar 11 pontos e no seu último compromisso foi derrotado pela Jacuipense pelo placar de 1 x 0. Na Copa do Brasil, o Leão é o único sobrevivente do estado, superando o Imperatriz do Maranhão e o Lagarto de Sergipe. Já na Copa do Nordeste, onde é o maior vencedor, o Leão é o vice-líder do Grupo B com 13 pontos, a mesma pontuação do Confiança de Sergipe, porém, fica atrás quando aplicado o critério de desempate do números de triunfos.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*