Bahia de Feira aguarda definição da FBF sobre retorno do Baianão

"Assim que definir, nós retornaremos", disse o presidente Jodilton Souza

O presidente do Bahia de Feira, o Professor Jodilton Souza, afirmou que o clube aguarda uma posição da Federação Bahiana de Futebol (FBF) em relação ao retorno do Campeonato Baiano, para definir a retomada dos treinos presenciais. Os jogadores do elenco seguem realizando atividades físicas em suas residências com o acompanhamento do departamento de futebol. A diretoria do Tremendão também espera o aval das autoridades sanitárias de Feira de Santana. Além do Baianão, o time feirense vai disputar o Campeonato Brasileiro da Série D esse ano.

 

“Estamos aguardando a posição da FBF quando o retorna o campeonato. Assim que definir, nós retornaremos”, resumiu o presidente do clube, Jodilton Souza, em entrevista ao Bahia Notícias.

O Campeonato Baiano paralisou no dia 17 de março, restando duas rodadas para o término da primeira fase. Oito times disputam quatro vagas para a semifinal do Campeonato Baiano, sendo que o Bahia lidera com 15 pontos, seguido por Jacuipense, Bahia de Feira e Vitória, formando o G-4. Atlético de Alagoinhas, Juazeirense, Fluminense de Feira e Vitória da Conquista tentam beliscar uma vaga. Doce Mel e Jacobina disputam para ver quem se salva do rebaixamento. Vale lembrar que o futebol já está suspenso há mais de dois meses e com o calendário curto, o Baianão (assim como outros estaduais) está ameaçado de não ser retomado, ainda que a FBF garanta que será concluído.

O Bahia de Feira figura no Grupo A6 da Série D do Campeonato Brasileiro, ao lado do conterrâneo Atlético de Alagoinhas, Caldense-MG, Gama, Palmas, Tupynambas-MG, Vila Nova-MG. O último integrante da chave será o vencedor do confronto da preliminar entre Tocantinópolis-TO e Brasiliense. A fase inicial da competição estava prevista para começar no dia 2 deste mês, mas com a pandemia, a CBF suspendeu todos os seus campeonatos por tempo indeterminado. Outro clube baiano na competição é o Vitória da Conquista.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*