Imprensa crava interesse do Ceará em Zé Rafael; Dirigente nega procura

Zé Rafael vem atuando com frequência com Vanderlei Luxemburgo

Foto: Divulgação Palmeiras

Nos últimos dias, surgiram algumas especulações da imprensa cearense envolvendo o nome do meia Zé Rafael como possível alvo de interesse do Ceará para a sequência da temporada 2020. No entanto, o executivo de futebol do Vozão, Jorge Macedo, confirmou que sequer chegou a procurar o jogador ou o Palmeiras, mas que entende que é um bom nome e segue atento às possibilidades. Além disso, o dirigente descartou contratações em um futuro próximo, esclarecendo que o momento de paralisação devido ao coronavírus impede o Ceará de avançar nas negociações. Vale lembrar que Zé Rafael vem sendo utilizado com frequência no Verdão com o técnico Vanderlei Luxemburgo atuando como segundo volante.

 

“Não é momento de falar de contratações porque a gente não sabe como vai ficar a questão financeira. Precisamos aguardar para ver o nível de orçamento e calendário que vamos ter. Estamos atentos ao mercado, mas ainda há uma série de fatores antes de pensarmos em contratações”, explicou, em entrevista em uma live do Esportes O Povo.

O executivo do Vovô também esclareceu outras informações que surgiram sobre reforços do clube para a sequência da temporada, casos dos atacantes William Pottker, do Inter, e Leandro Pereira, do Sanfrecce Hiroshima, do Japão. “Leandro Pereira tem dificuldade para sair do Japão pelo contrato que possui e os valores que recebe ainda mais com a disparada do dólar. O clube conta com ele, é titular absoluto e vem jogando bem. William Pottker também é complicado, já que o Inter o inscreveu na Libertadores e, à princípio, não pretende liberar”, continuou.

Após duas boas temporadas com a camisa do Esporte Clube Bahia, o Palmeiras desembolsou R$ 17,5 milhões por Zé Rafael (14,5 milhões ao Bahia e 3 mi ao Coritiba) por 100% dos direitos do jogador que pertencia ao Bahia (70%) e Coritiba (30%). O meia de 26 anos chegou ao Esquadrão em 2017. Na primeira temporada, atuou 60 jogos e marcou 5 gols. Em 2018, foram 68 partidas e 13 bolas nas redes. Ao todo, foram 128 jogos e 18 gols marcados. Participou de forma decisiva dos títulos da Copa do Nordeste de 2017 e do Campeonato Baiano de 2018.No Verdão, viveu altos e baixos. Na primeira temporada pelo alviverde, jogou 38 vezes e anotou 7 gols. Em 2020, se reinventou com Vanderlei Luxemburgo e vinha sendo a grande sensação atuando como segundo volante. Foram 12 jogos e 1 gol marcado antes da paralisação.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*