Três jogos acirram a briga pelo G4 do Campeonato Baiano neste domingo

Atlético-BA, Flu de Feira, Bahia de Feira e Flu de Feira na briga

Foto: Instagram / Atlético de Alagoinhas

A sétima rodada do Campeonato Baiano iniciou no sábado com o empate sem gols entre Bahia e Doce Mel na Arena Fonte Nova, resultado lamentado pelos tricolores que almejavam o triunfo para ter chances de garantir a classificação antecipada nessa rodada, enquanto o time de Ipiaú apesar de seguir sem vencer e ocupando a vice-lanterna, comemorou o ponto somado fora de casa contra o líder da competição. Neste domingo, mais três jogos serão realizados, agitando a briga pelo G-4. Pressionado pelos resultados negativos e com protestos da torcida, o Atlético de Alagoinhas tenta retomar o caminho das vitórias, porém, terá pela frente o invicto Juazeirense, no Estádio Antônio Carneiro. O Carcará ocupa o 7º lugar com 8 pontos, enquanto o Cancão de Fogo embalado com dois triunfos seguidos aparece na terceira colocação com 10 pontos.

 

No 6º lugar com 8 pontos e revigorado após o triunfo sobre o Atlético de Alagoinhas no meio da semana, o Bahia de Feira mira o G-4 e para isso, além de torcer por tropeços dos concorrentes, precisa vencer o lanterna Jacobina, na Arena Cajueiro. No último lugar com 1 ponto, o Jegue da Chapada ainda não venceu na competição e desde o início aponta como o franco favorito ao rebaixamento. Outro que ainda não triunfou é o Vitória da Conquista, semifinalista em 2019. O Bode é o 8º colocado com 4 pontos e precisa vencer o Fluminense de Feira para se afastar do fantasma do rebaixamento. O Touro do Sertão, por sua vez, deixou o G-4 na rodada passada ao ser goleado pela Juazeirense e no momento ocupa o 5º lugar com 9 pontos, empatado com o 4º colocado Jacuipense.

JOGOS DA 7ª RODADA – CAMPEONATO BAIANO

SÁBADO, 07/03
19h00 – Bahia 0 x 0 Doce Mel

DOMINGO, 08/03
16h00 – Atlético de Alagoinhas x Juazeirense
16h00 – Bahia de Feira x Jacobina
16h00 – Vitória da Conquista x Fluminense de Feira

DOMINGO, 15/03
20h30 – Jacuipense x Vitória

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*