Palmeiras chega a um acordo com o Vitória e renova com Luan Silva

Verdão vai comprar uma parte dos direitos econômicos do jogador

Após alguns dias de negociações, o Palmeiras chegou a um acordo com o Esporte Clube Vitória pela permanência do atacante Luan Silva, que foi emprestado ao Verdão em março de 2019, no entanto, só fez sua estreia no último sábado contra a Ferroviária, pelo Campeonato Paulista, e teve de sair no fim da primeira etapa, após sofrer uma lesão de grau 2 na coxa esquerda. Ele deve ficar cerca de um mês fora. Mesmo com apenas 42 minutos em ação, o clube vê potencial no atleta de 21 anos que, infelizmente, vem sofrendo com lesões e já passou por duas cirurgias no joelho esquerdo, a última há 7 meses.

 

Ainda não foram divulgados os detalhes do acerto, mas tudo indica que o Palmeiras deve pagar R$ 3 milhões por 15% dos direitos econômicos de Luan para prorrogar o empréstimo até o final do ano. O Verdão chegou a oferecer R$ 2 milhões, mas o Leão recusou e fez uma contra-proposta que foi aceita. Inicialmente, o contrato com o jogador (que até o dia 31 de maio) contava com a opção de compra no meio de 2020 por 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 18,4 milhões), mas a ideia do Verdão não é exercê-la agora.

Contratado em março de 2019, o jogador chegou para completar o tratamento de uma cirurgia para reconstruir o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. Já no Verdão, ele precisou passar por outro procedimento na região e por isso não conseguiu jogar no ano passado. Em 2020, sem problemas físicos, começou a chamar a atenção de Vanderlei Luxemburgo, que o inscreveu tanto no Campeonato Paulista quanto na Copa Libertadores. O garoto ficou com a camisa 9 e atuou como titular no último sábado, contra a Ferroviária.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*