Crise do coronavírus deve adiar ida de zagueiro brasileiro para clube inglês

jogador e seu estafe haviam recebido a oferta contratual do Everton

A paralisação do futebol devido a pandemia do coronavírus deve adiar a ida do zagueiro Gabriel Magalhães, do Lille, da França, para o Everton, segundo publicou hoje o jornal The Independent. O clube inglês havia feito uma proposta ao defensor brasileiro e estava praticamente acertado, no entanto, com a incerteza sobre janelas de transferência, o negócio acabou congelando e a conclusão tem prazo indefinido. A negociação movimentaria 30 milhões de euros (R$ 165 milhões pela cotação atual).

 

Desta forma, outros clubes voltam a se movimentar no desejo de contratar o defensor de 22 anos. PSG e Leicester também demonstraram interesse nele anteriormente. Autor de um gol em 34 jogos na atual temporada, Gabriel passou apenas pelo Avaí no futebol brasileiro. Em 2016 foi contratado pelo Lille e depois esteve emprestado ao Troyes, da França, e Dinamo Zagreb, da Croácia.

Natural de São Paulo (SP), Gabriel dos Santos Magalhães, de 22 anos, surgiu nas divisões de base do Avaí e após se destacar em 2016 pelo time principal, foi negociado com o Lille, da França. Porém, demorou para se firmar na equipe, sendo emprestado a Troyes da França e Dínamo Zagreb da Croácia. Retornou ao Lille em 2018 e inicialmente foi incorporado ao time B, mas logo subiu ao time principal e assumiu a titularidade. Atuou em 51 jogos e marcou 2 gols, atraindo o interesse da Juventus.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*