CBF descarta mudar fórmula do Brasileirão e adequar calendário ao europeu

Secretário Geral da CBF, Walter Feldman descartou uma mudança

Com os jogos suspensos por tempo indeterminado em razão da pandemia do coronavírus, os Estaduais podem ocupar datas e inviabilizar o Campeonato Brasileiro de pontos corridos com 38 rodadas quando a bola voltar a rolar. Ainda assim, Secretário Geral da CBF, Walter Feldman descartou uma mudança na fórmula do Brasileirão. Em entrevista à Rádio Bandeirantes de Porto Alegre, o dirigente também rechaçou a possibilidade de adequar o calendário ao europeu, uma das sugestões para solucionar o problema de datas.

 

“A mudança de fórmula do Campeonato Brasileiro está descartada. O desejo nosso, expresso pelo presidente Caboclo, é que a gente possa encontrar datas para os estaduais serem encerrados. Não existe a possibilidade do calendário do futebol brasileiro ser adequado ao do futebol europeu”, complementou o Secretário Geral.

Ainda na mesma entrevista, Walter Feldman afirmou que a previsão da entidade máxima do futebol brasileiro é que as atividades retornem entre maio e junho. Segundo ele, entretanto, trata-se de um prognóstico, que pode mudar, dependendo de como a epidemia do Covid-19 se propague no país.

Deixe seu comentário

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*