“Agora é trabalhar para ajudar ao Vitória voltar para a Série A”, diz Léo

Léo se apresentou e passou pelos testes com o fisioterapeuta

Foto: Letícia Martins / ECVitória

Nesta quarta-feira, o Esporte Clube Vitória anunciou a contratação do lateral-direito Léo, de 28 anos, que estava sem clube desde que deixou o Avaí na temporada passada e vinha mantendo a forma no Centro de Treinamento do Leão. O atleta, que começou sua carreira nas categorias de base do Vitória em 2008 e no ano de 2010 foi promovido ao time Principal, assina contrato até o final desta temporada. Atuou até 2013, quando se transferiu ao Athletico Paranaense, onde jogou inicialmente em 2013, e depois em 2016/2017. Passou ainda por Fluminense, Flamengo, Athletico Paranaense e Internacional, entre outros.

 

Animado e ansioso para voltar a vestir a camisa do clube onde iniciou a carreira, o lateral-direito esteve na tarde desta quarta-feira (11) no Centro de Treinamento Manoel Pontes Tanajura. Após ter seu nome oficializado, Léo se apresentou e passou pelos testes com o fisioterapeuta Marcos Carvalho  e com o fisiologista Rafael Daltro no Centro de Fisiologia do CT.

“Estou feliz e agora é trabalhar para ajudar ao Vitória voltar para a Série A em 2021”, prometeu o atleta que chegou pela primeira vez ao clube em 2008 com 17 anos de idade, após ser descoberto em um torneio amador.

Léo seguirá com os exames nesta quinta-feira (12) pela manhã, passando pela avaliação médica com o Dr. José Olimpio, gerente médico do clube, e cardiológico em uma clínica. Na sexta-feira, a comissão técnica determinou que o atleta realize o teste de esforço ergométrico e seja liberado para a primeira atividade com bola. No CT, ele reencontrou o goleiro Ronaldo, afastado do jogo em Fortaleza por causa de uma contusão muscular e que estava em tratamento com os fisioterapeutas.

Baiano de Salvador, Leonardo Moreira Morais surgiu nas divisões de base do Esporte Clube Vitória, onde se profissionalizou antes de ser emprestado ao Atlético-PR em 2013. Após se destacar no Furacão, chanou a atenção do Flamengo que adquiriu o atleta junto ao Leão. Teve poucas chances no Rubro-Negro Carioca e acabou sendo emprestado a Internacional, Atlético-PR, Coritiba e Fluminense. Com o fim do contrato em 2018, acertou com o Avaí, clube pelo qual disputou a última temporada, atuando 18 vezes. Não renovou contrato ao final de 2019 e ainda está sem clube.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*