Roger fala sobre marca história do Bahia após triunfo sobre o Nacional-PAR

Esquadrão venceu o primeiro jogo no exterior em torneios internacionais

Foto: Reprodução

Com dois triunfos convincentes (3 x 0 na Arena Fonte Nova e 3 a 1 no Estádio Luís Alfonso Giagni), o Esporte Clube Bahia despachou o Nacional-PAR na primeira fase da Copa Sul-Americana com o placar agregado de 6 a 1. O triunfo obtido nesta quarta-feira, não somente garantiu a classificação, como alcançou uma marca história. Foi a primeira vez que o Esquadrão venceu jogando no exterior em competições internacionais. Em entrevista coletiva após a partida, no Paraguai, o técnico Roger Machado falou sobre a marca histórica e revelou que não falou aos jogadores para não levar mais um peso para dentro do campo.

 

“Fiquei sabendo antes do jogo que nós ainda não havíamos vencido em competições internacionais fora do país. Não quis passar para os atletas para não levar mais um peso para dentro do campo. Claro que ficamos muito felizes com o triunfo. É uma classificação que mostrou, de fato, a superioridade do nosso time nos dois confrontos”, contou.

Apesar da boa vantagem, o Esquadrão não entrou em campo relaxado e abriu 3 a 0 nos primeiros 45 minutos com um de Élber e dois gols de Gilberto, e no segundo tempo só tomou um gol em pênalti que não existiu. Roger Machado falou sobre a estratégia adotada para o confronto.

“A estratégia foi que a gente deveria jogar com a vantagem, porém não pela vantagem. A vantagem construída nos classificava, mas não estava decidido. A estratégia foi justamente avançar nossas linhas, marcar dentro do campo adversário, forçar o erro. Contamos um dos melhores campos de jogo que já atuamos, que permitiu que a gente jogasse nosso jogo técnico, de passes, porque parecia uma mesa de bilhar. A bola ia rolando perfeitamente. Então, nos ajudou também. Marcar alto sem dúvidas foi a estratégia, tomando os cuidados defensivos, porque o Nacional tem uma bola longa forte, com disputa de primeira e segunda bola. E o gol cedo nos ajudou também”, disse.

Deixe seu comentário

3 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*