Pretendido pelo Bahia, Rodriguinho finalmente rescinde com o Cruzeiro

Rodriguinho chegou a um acordo com o clube mineiro

Pretendido pelo Esporte Clube Bahia e diversos outros clubes, o meia Rodriguinho finalmente entrou em acordo com o Cruzeiro e acertou a rescisão contratual. Todos os detalhes já foram acertados e o jogador vai assinar distrato com o time mineiro nesta sexta-feira. A informação inicialmente foi publicada pelo site mineiro Super Esportes. De acordo com o portal, o Cruzeiro deve a Rodriguinho mais de R$ 4 milhões e parte da rescisão será parcelada em três meses (fevereiro, março e abril), enquanto a outra parte será depositada até dezembro. O restante da dívida, que é a maior parcela, será acertada a partir de 2021. No acordo, o clube mineiro alinhou de ficar com 20% dos direitos econômicos do jogador, segundo site Globoesporte.

 

Agora, Rodriguinho ficará livre para assinar com outro clube. Além do Bahia, Athletico Paranaense e Atlético Mineiro já manifestaram publicamente interesse no jogador que chegou ao Cruzeiro em janeiro de 2019, contratado do Pyramids, do Egito, por cerca de R$ 30 milhões. Na temporada de 2019, o jogador disputou 20 partidas e anotou oito gols pela Raposa: quatro no Campeonato Mineiro, três na Copa Libertadores e um no Campeonato Brasileiro. Neste ano, ele entrou em campo pelo Cruzeiro e apenas dois jogos sem marcar gols.

Após a derrota no clássico BA-VI do último sábado, o presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, comentou sobre possíveis reforços para equipe. Sem citar nome, o mandatário afirmou que o clube está em negociação com um jogador (especula-se que seria Rodriguinho), mas que pode ser que não aconteça. “Em relação a contratação, esse ano a gente conseguiu modelo de contratação pontual. Perdemos dois titulares do ano passado. Trouxemos seis jogadores. Quando terminou a sexta, faríamos uma ou duas. Há uma contratação em conversa. Está em mesa. Pode ser que ela não aconteça”, disse.

Natural de Natal, Rodrigo Eduardo Costa Marinho tem 31 anos e surgiu nas divisões de base do ABC, onde se profissionalizou. Acumula passagens ainda por Bragantino, América-MG, Grêmio, Al Sharjah dos Emirados Árabes Unidos, Pyramids FC do Egito, mas foi no Corinthians onde teve seu melhor momento na carreira. Após primeira passagem apagada pelo Timão em 2013, retornou em 2015 sendo peça importante na conquista dos títulos do Campeonato Brasileiro de 2015 e 2017. Ficou no Parque São Jorge até 2018, quando foi negociado com o clube do Egito, mas voltou ao futebol brasileiro em 2019 contratado pelo Cruzeiro.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*