Guto Ferreira é demitido pelo Sport-PE após queda na Copa do Brasil

Guto não resistiu à derrota para o Brusque-SC

Foto: Tiago Caldas / Agência Estado

O técnico Guto Ferreira, com passagens pelo Bahia, não resistiu à derrota para o Brusque-SC por 2 a 1 que culminou com a eliminação precoce do Sport-PE na primeira fase da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira, a diretoria rubro-negra tomou a decisão pela saída do treinador que conquistou o acesso à Série A no ano passado. De acordo com informação do Jornal Comércio, o comandante soube da notícia assim que a delegação desembarcou no Recife no fim da tarde de quinta-feira.

 

Apesar do acesso, o Sport terminou a Série B do Campeonato Brasileiro de 2019 com 17 empates, algo que foi bastante criticado. Em 2020, foram nove jogos, seis empates (Náutico, Vitórias das Tabocas, Vitória, Retrô, Imperatriz e Decisão),
duas vitórias (CSA e Central) e um derrota (Brusque), sendo que a queda na Copa do Brasil foi decisiva para a demissão.

Ao todo, Guto esteve à frente do Sport-PE em 54 jogos, conquistando 25 vitórias, 23 empates e sofrendo 06 derrotas, um aproveitamento de 60,49%. Foram 77 gols marcados e 41
gols sofridos. Além do acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, o treinador foi campeão do Campeonato Pernambucano em 2019.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*