Fernandão pede e vai reforçar o Sub-23 do Bahia contra o Jacuipense

Fernandão será titular do time de transição neste domigno

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O time de transição do Esporte Clube Bahia terá um reforço de peso para o duelo deste domingo, contra o Jacuipense, às 16h, no Estádio Metropolitano de Pituaçu. O atacante Fernandão, que atuou os dois primeiros jogos da Copa do Nordeste (Imperatriz e Santa Cruz) saindo do banco, vai reforçar o time sub-23 para ganhar ritmo de jogo. Com isso, o camisa 20 será titular, enquanto Caíque e Saldanha ficarão como opções para o segundo tempo. O grupo encerrou a preparação nesta sábado (1º) e além do centroavante, o técnico Dado Cavalcanti contará com o retorno do goleiro Fernando Castro, que, nas últimas duas rodadas, esteve a serviço do time principal.

 

O diretor de futebol do Esquadrão, Diego Cerri, explicou a participação de Fernandão na partida e revelou que foi um pedido do próprio jogador. “O jogador pediu para atuar. Nós conversamos com as duas comissões e entendemos que será benéfico para o atleta. É uma forma dele ganhar ritmo e estar mais preparado para os próximos jogos”, disse Cerri. Vale lembrar que o time principal só volta a campo na quarta-feira, contra o River-PI, pela estreia da Copa do Brasil.

JOGOS DA 4ª RODADA – CAMPEONATO BAIANO

DOMINGO, 02/02
16h00 – Atlético de Alagoinhas x Jacobina
16h00 – Vitória da Conquista x Vitória
16h00 – Bahia x Jacuipense
16h00 – Fluminense de Feira x Bahia de Feira

QUARTA, 05/02
20h00 – Juazeirense x Doce Mel

Deixe seu comentário

3 Comentário

  1. o sardinha não cumpre acordos. Já havia colocado o profissional caique no ultimo jogo(e que fez o gol decisivo) e agora coloca o velho Fernandão. Só o Vitória acredita que eles não vão colocar tudo o que puderem para vencer o campeonato. Enquanto isso o Vitória desfalca o sub 23 e nem contrata um goleiro

    • O Bahia precisa escalar o time como fazem Santos e Flamengo. Sem volantes de ofício com dois meias atacantes fazendo a função com rapidez e acompanhando o avanço do ataque. Roger é novo mas igual a todos treinadores brasileiros. “sem imaginação.

      • Voce galinha fuzona deveria se preocupar com seu time e tenta subir para primeira divisão e vocês resolveram colocar os júnior e porque estão falidos devendo aos jogadores e funcionários.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*