Bahia cede empate ao Ceará no apagar das luzes pela Copa do Nordeste

Gilberto anotou os dois do tricolor na Arena Castelão

Foto: Thiago Gadelha / SVM

Mesmo não apresentando um bom futebol, o Esporte Clube Bahia estava conseguindo um triunfo importante diante do Ceará, de virada, na tarde deste sábado (15), na Arena Castelão, graças ao atacante Gilberto, autor de dois gols. PORÉM, o Esquadrão recuou e aos 49 minutos foi castigado com o gol de empate no apagar das luzes, que sai com gosto de derrota para o tricolor. Com o resultado, o Bahia chega aos 5 pontos e assume a 4ª colocação do Grupo A, enquanto o Vozão soma o quarto empate seguido e aparece na vice-lanterna do Grupo B com 4 pontos.

 

O Esporte Clube Bahia volta a campo na quarta-feira (19), às 19h30, para enfrentar o CSA, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, pela 5ª rodada da Copa do Nordeste. O Ceará, por sua vez, volta a campo na quarta-feira (19), mas pela Copa do Brasil, enfrentando o Oeste.

No primeiro tempo, o Bahia encontrou teve dificuldade para trocar passes e insistiu nas ligações diretas. O Ceará foi superior, porém, apesar do domínio, não conseguia entrar na área tricolor. Sendo assim, o meia Vinícius – com passagem pelo Bahia em 2017/2018 – resolveu arriscar de longe e abriu o placar com uma pintura que acertou o ângulo do goleiro Anderson aos 15 minutos. Lei do EX na Arena Castelão. Atrás no placar, o Esquadrão seguiu jogando mal, mas aos 39, a bola sobrou limpa para Gilberto que invadiu a área e tocou na saída de Fernando Prass, deixando tudo igual e mudando a história do jogo.

O gol revigorou o time tricolor que voltou melhor para o segundo tempo. A partida seguiu aberta e movimentada, com chances para os dois lados. Porém, aos 26 minutos, Clayson acertou um passe espetacular para Gilberto que invadiu a área, driblou Fernando Prass e tocou para o gol vazio, virando o clássico nordestino na Arena Castelão. Enderson Moreira mexeu e colocou o Vozão para cima, enquanto Roger Machado recuou o Bahia, chamando o mandante para o seu campo. Aos 49, veio o castigo, com Mateus Gonçalves empatando o jogo.

FICHA TÉCNICA
Ceará 2 x 2 Bahia
Copa do Nordeste – 4ª rodada
Local: Arena Castelão, em Fortaleza
Data: 15/02/2020 (sábado)
Horário: 16h
Árbitro: Zandick Gondim Alves Júnior (RN)
Auxiliares: Vinicius Melo de Lima e Luis Carlos de França Costa (ambos do RN)

Ceará: Fernando Prass; Samuel Xavier, Eduardo Brock, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; William Oliveira, Charles e Lima (Rodrigão); Vinícius (Felipe), Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves) e Rafael Sobis. Técnico: Enderson Moreira.

Bahia: Douglas; João Pedro, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Flávio e Rossi (Arthur Caíke); Clayson (Ronaldo), Élber e Gilberto (Saldanha). Técnico: Roger Machado.

Deixe seu comentário

2 Comentário

  1. Uma falha ridícula de Lucas Fonseca, uma moleza + uma Braga absurda de Arthur Caíke.. e o gol do Ceará. Técnico covarde e time sem vontade. Sem preparo físico. O time morto depois dos 30 do segundo tempo.

    • Cara o time tava sem meio campo descompensado, no segundo tempo o time se acerta um pouco com a recomposição dos atacantes, aí o técnico tira um atacante e mete um volante em vez de um meia e chama o time do Ceará p cima e leva o gol, até agora não entendi essa teimosia do Roger, infelizmente o time tá mal armado num esquema q n tá funcionando e ele n consegui mexer no esquema trocando peças dentro do campo sem substituir, e quando substitui é p retrancar.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*