Quem te viu, quem te vê: O que está acontecendo com o Bahia?

Longe de qualquer alarde ou tumulto, o que precisa mudar???

O técnico Roger Machado resolveu colocar em campo na noite deste sábado contra o Fluminense uma escalação diferente de todas que já colocou. Armou o time com três volantes, mudou a estratégia de jogar com dois pontas e colocou o sempre desligado Guerra no meio de campo. Resultado: um primeiro tempo desastroso com placar adverso sendo vazado duas vezes. No primeiro minuto de jogo, Élber perdeu um gol incrível após excelente jogada de João Pedro, que também foi autor do pênalti em Yony González e culminou com o gol do meia Nenê. Atacando de forma desorganizada, o tricolor pouco ameaçou após sofrer o gol e aos 44 sofreu o segundo com Daniel cabeceando após rebote da trave em finalização de Wellington Nem, levando para o intervalo um placar mais complicado de ser revertido.

 

Segundo tempo de jogo, Roger resolveu consertar a asneira que cometera, colocou Lucca e Artur Caíke nos lugares de Ronaldo e Guerra. O time ganhou mobilidade e atacou bem mais a fraca equipe do Fluminense. Vale destacar a quantidade de gols perdidos pela equipe tricolor, quando não finalizou para fora, esbarrou no goleiro Muriel que foi o grande destaque da partida. Mais uma derrota. O Esquadrão de Aço vem de uma sequência ruim, não vence há três jogos e precisa rapidamente voltar aos trilhos no Campeonato.

O torcedor do Bahia está feliz com a campanha geral do Bahia, classificado em oitavo na tabela com 38 pontos, mas ultimamente tem visto seu time perder a concentração em campo, perder jogos em casa, e tomar gols bobos que antes não vinha sofrendo. O sinal de alerta está ligado, é preciso reagir o quanto antes pois o pelotão intermediário dos times começa a se aproximar e por outro lado é clara a possibilidade de perder contato com o G-6. São Paulo, Internacional e Grêmio entram em campo neste domingo e podem se distanciar na tabela.

Afinal, torcedor tricolor, o que está acontecendo com o Bahia? As quatro últimas apresentações, contra Athletico (1 x 2) e São Paulo (0 x 0) na Fonte Nova além do Fluminense neste sábado, não vieram com triunfos. O time chegou a ficar nove jogos sem perder e rodadas atrás entrou no G-6 após vencer o Avaí, tendo como destaque a solidez defensiva, ficando entre as quatro melhores defesas do Brasileirão. No entanto, o momento não é dos melhores, está bem visível e pela frente tem um confronto difícil contra o Grêmio em Porto Alegre. Longe de qualquer alarde ou tumulto, o que precisa mudar???

Marcelo Eloy, torcedor do Bahia, amigo e colaborador do Futebol Bahiano.

 

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*