Novo clube do futebol baiano, Barcelona de Ilhéus encaminha acerto com Val Baiano

Ex-atacante deve se tornar treinador do clube de Ilhéus

No último dia 9 de outubro, o futebol baiano ganhou um novo clube. Trata-se do Barcelona de Ilhéus que oficializou o seu registro de filiação junto à Federação Bahiana de Futebol (FBF) e à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Os idealizadores, liderado pelo empresário ilheense Weliton Nascimento, estiveram na sede da entidade baiana na última terça-feira (22) para receber o certificado. Criado a partir do modelo de clube-empresa com fundação no dia 17 de setembro de 2019, o clube aguardava apenas a filiação. Nos próximos dias, o Barcelona-BA deve anunciar o seu novo treinador e o nome está encaminhado.

 

O ex-jogador Val Baiano, com passagem pelo Flamengo, revelou ao site Bahia Notícias que tem um acordo encaminhado para comandar o time de Ilhéus na Série B do Campeonato Baiano em 2020. Natural de Manoel Vitorino, onde é um grande incentivador do esporte na cidade, o ex-atleta está aposentado dos gramados desde 2015, quando defendeu o Oeste-SP. “Está bem encaminhado, mas não fechou nada ainda não. Estou esperando a parte burocrática do clube. Estamos apalavrados. É um projeto audacioso, é muito bacana. Pessoas muito sérias que estão à frente. Acredito que será uma coisa grande”.

Weliton Nascimento (E) com Ricardo Lima (presidente da FBF) | Foto: Divulgação / FBF

Val Baiano afirmou que ainda não fez o curso da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), mas que esteve aprendendo com treinadores que já o comandaram na época de jogador: “Estava para fazer em novembro, mas um compromisso acabou inviabilizando. Como tenho 18 anos de profissional, eu faço direto o B e não o A, tenho essa prioridade. Tive alguns contatos com amigos que hoje são treinadores. Estive com Carille, Dorival Júnior, Estevam Soares, Mauro Fernandes… Procurei conversar muito com essas pessoas”, explicou.

Val Baiano acumula passagens por Grêmio Maringá, Paranavaí, Ceará, Santa Cruz, CRB e São Caetano. Em 2007, foi artilheiro da Série B vestindo as cores do Gama. Se transferiu para o Al-Ahli Jeddah, da Arábia Saudita, mas retornou ao Brasil em 2009, quando sucesso no Barueri, sendo vice-artilheiro do Brasileirão. Jogou ainda no México, além de ter vestido a camisa do Flamengo em 2010.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*