Na sua reestreia na Fonte Nova, Vitória broxante perde para o Guarani

Leão perdeu por 1 a 0 e perdeu ótima chance de se afastar do Z4

Foto: Adilton Venegeroles | Ag. A TARDE

O Esporte Clube Vitória muda de jogadores, treinadores, presidente, e até de estádio, mas continua o mesmo na temporada 2019, sem avanços consistentes ou uma sequência esperançosa para ainda despertar aquela velha fé do torcedor do Leão que vem sofrendo desde os primeiros raios de sol da atual temporada. O time até que emplacou sete partidas sem derrotas, no entanto, com apenas três triunfos e hoje à tarde, rastreando na Arena Fonte Nova onde celebrou contrato para mandar seus jogos nos próximos três anos sofrendo uma recaída cabeluda ao perder para o Guarani de Campinas, último colocado antes da rodada, pelo placar de 1 x 0, em uma partida que o Leão inexistiu e perdeu a invencibilidade de SETE jogos sob o comando de Carlos Amadeu.

 

Com o resultado, o Esporte Clube Vitória estagnado com 24 pontos foi superado pelo Oeste que ontem goleou o Operário na Arena Barueri e agora ocupa a décima quinta posição, porém, ainda pode ser ultrapassado que encerra os jogos da 22ª rodada neste Domingo enfrentando o Sport-PE do técnico Guto Ferreira no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Primeiro tempo do Vitória foi simplesmente broxante. Inofensivo durante todos os 45 minutos iniciais, o Leão não ofereceu qualquer perigo ao time paulista ainda até aquelas simples e como conseqüência, acabou sendo merecidamente castigado aos 24 minutos, quando Michel Douglas aproveitando passe de Lucas Crispim abre o placar para o Guarani que de fato veio para dá números justo ao placar em uma etapa onde o time paulista foi melhor em campo e teve seu goleiro Cleber como privilegiado expectador da partida.

No segundo tempo, notadamente com a entrada do atacante equatoriano Jordy Caicedo até que o Vitória melhorou criando algumas boas oportunidades, no entanto, sem a intensidade e pontaria necessária para pelo menos empatar a partida. E assim, o Leão produz um tropeço gigante e pouco a pouco vai matando as remotas esperanças de recuperação ao ponto de ainda sonhar com o acesso, porém, o ponto conquistado pode ajudar, ai sim, na luta para se afastar do rebaixamento que começar rondar novamente sua porta. Aos quase 48 minutos, o meia Felipe Gedoz fez falta dura e acabou expulso, deixando o campo vaiado.

Agora o Leão encerra a seqüência de jogos contra clubes inseridos na zona de rebaixamento na próxima terça-feira, quando enfrenta no Estádio Walter Ribeiro na cidade de Sorocaba o São Bento em jogo agendado para às 21h30 valendo pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, a 4ª considerando apenas o 2ª turno. Para esse jogo, o Leão não terá o volante Lucas Cândido punido com o 3º cartão na derrota desta tarde contra o Guarani. Depois deste compromisso, sete dias depois, novamente em uma terça-feira novamente na Arena Fonte Nova, enfrenta o Atlético-GO, hoje vice-líder com 38 pontos.

Deixe seu comentário

2 Comentário

  1. DER-RO-TA! Lelele ô, lele ô….DER-RO-TA

    CóCóCóCóCóCóCóCóCóCóCò No Barradão
    CóCóCóCóCóCóCóCóCóCóCò Na Fonte Nova

    A galinha barradinha, toma gol sem parar
    Mudou de estadio achando que ia melhorar

    Não adiantou foi nada! Tomou foi outro pau!
    O Vitória perdeu de novo, virou piada nacional!

    A ladeira cheia de milho, não ajudou a alimentar
    A galinha ficou fraca e o bugre foi atropelar!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*