Zé Rafael revê o Bahia pela 1ª vez buscando recuperar espaço no Palmeiras

Zé Rafael perdeu a condição de titular após Copa América

Foto: Divulgação/SE Palmeiras

Se por um lado, o lateral-direito João Pedro irá reencontrar o Palmeiras, clube pelo qual foi revelado e conquistou os títulos da Copa do Brasil de 2015 e do Brasileirão de 2016, do outro lado, o meia Zé Rafael revê o Esporte Clube Bahia pela primeira vez desde sua saída no final de 2018 quando se tornou a venda mais cara da história do clube baiano (R$ 17,5 milhões). Pelo Esquadrão, Zé Rafael se destacou nas duas últimas temporadas, atuando em 128 jogos e marcou 18 gols, sendo campeão da Copa do Nordeste em 2017 e do Campeonato Baiano em 2018.

 

Os primeiros meses no Palmeiras não foram muito animadores. Recebeu poucas oportunidades no Campeonato Paulista, algo que gerou questionamentos dos torcedores e da imprensa, porém, aos poucos foi conquistando seu espaço e cresceu em campo, se tornando peça fundamental no time de Felipão. Até a pausa para a Copa América, era titular absoluto, no entanto, após o recesso, teve uma queda de rendimento e perdeu sua condição de titular com o retorno do atacante Willian que foi titular nos últimos três jogos, mas ainda não está 100% fisicamente após lesão.

Com 21 jogos e 4 gols marcados, Zé Rafael até chegou a marcar o gol no triunfo do Palmeiras sobre o Internacional pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Depois disso, foi titular contra São Paulo, Inter (jogo de volta) e Ceará. Mas nos últimos quatro jogos, atuou apenas no clássico contra o Corinthians entrando no 2º tempo. Sequer jogou contra Godoy Cruz pela Copa Libertadores (ida e volta) e Vasco pelo Brasileirão. Agora o ex-meia do tricolor ganha mais concorrência com a chegada de Luiz Adriano, que também atua como ponta.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*