Depois de três anos, técnico Mano Menezes deixa o Cruzeiro

Foto: Ramon Lisboa/EM D.A Press

Encerrou-se nesta quarta-feira o ciclo vitorioso do técnico Mano Menezes comandando as cores do Cruzeiro. Após o time perder para o Internacional por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Mineirão, no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil, o treinador anunciou sua saída do clube depois de três anos e dez dias.

“Gostaria de comunicar que a gente interrompe o trabalho à frente do Cruzeiro. A decisão partiu de uma consciência que as coisas podem piorar e elas não podem piorar. A série de jogos sem vitória, a maneira que a gente está perdendo, são sinais de algo precisa ser mudado”, afirmou o treinador.

“O futebol que dá é o mesmo que tira. E agora ele resolveu tirar. O balanço é bom. Três anos com quatro títulos é um bom desempenho. Mas o Cruzeiro precisa reagir, hoje precisa vir outro profissional, com outra cabeça, para propor uma reação que não pode mais demorar para acontecer”, afirmou o agora ex-treinador do Cruzeiro. “As causas são mais complexas, mas sou responsável pelos maus resultados. A saída é justa.”

Deixe seu comentário

8 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*