Através de nota, Figueirense diz que responsabilidade do WO é dos jogadores

Através de nota nas suas redes sociais, o Figueirense Futebol Clube comunicou que a decisão de promover o W.O. na partida da Série B do Campeonato Brasileiro desta terça-feira, 20 de agosto, contra a Cuiabá, em Mato Grosso, é exclusiva dos jogadores profissionais relacionados para o confronto. Vale ressaltar que a comissão técnica se apresentou normalmente para a disputa e o setor de logística do Alvinegro promoveu todos os procedimentos prévios para entrada em campo dos atletas – informou.

 

Também através de nota, o Cuiabá alertou que quem comprou ingresso para o jogo não realizado pela GREVE poderá trocar o ingresso para o jogo de sexta, contra o Botafogo-SP, novamente na Arena. Todos os pontos de vendas realizarão a troca, ou mesmo nas bilheterias da Arena, no dia do jogo, garantiu

Vale lembrar que os jogadores já há quatro dias não estavam participando dos treinamentos. Essa ladainha já se arrasta desde jogo contra o Esporte Clube Vitória que acabou empatado em 1 x 1 com jogadores reclamando de atraso de salários, direito de imagem e reconhecimento de impostos. O que esquisito desta história não é o atraso, mas não fazer o protesto em sua casa e sim na casa dos outros.

De acordo regulamento geral das competições da CBF é previsto nestes casos ( que raramente acontece) que o árbitro da partida esperasse a presença dos jogadores do Figueirense por 30 minutos além do horário marcado e isto foi feito. Com o não comparecimento da equipe, o W.O. foi confirmado e o Cuiabá declarado vencedor por 3 a 0, no entanto, a decisão ainda precisa ser referendado pelos tribunais. Confirmado o placar, o Cuiabá pula para sétimo colocação com 26 pontos. Enquanto o Figueirense e o 13° com 20 e pode ser ultrapassado pelo Vitória na hipótese desejada de um triunfo em cima do América-MG hoje às 19h15 no Barradão

Deixe seu comentário

1 Comentário

  1. Ainda por cima são burros: O gasto com a viagem, hospedagem, alimentação irá onerar um clube já devedor… ou seja.. o salário de alguns irá demorar…anos e anos na justiça!

    Era menos feio jogar e os jogadores fazerem o seu trabalho de corpo mole, ao menos os torcedores não seriam lesados…

    Ou então, forçar uma expulsão e sair no meio do jogo… me lembrou um timeco-có-có-có-có aí!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*