O CÉU ESTÁ TRICOLOR, VAI EM PAZ SEU ADHERBAL…

"Lições de amor e dedicação diárias ao Esporte Clube Bahia"

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Seu Adherbal faleceu aos 82 anos e com ele foi-se junto algumas coisas que só os de sua geração puderam desfrutar em especial o de ter o privilégio que muito de nós queríamos que fosse, o de trabalhar dentro do clube que ama.
A dedicação reconhecida por todos que com ele conviveu é notória e relatos e mais relatos de profissionais que passaram pelo clube dão conta que sua dedicação e honradez na condução de suas atividades e evidencia um panorama cada vez menos encontrado em empresas com atividades profissionais nos dias atuais.

 

O maior presente que pode ser dado ao seu Adherbal Amaral e a sua família é o que ele mais queria em vida, triunfos e títulos e conquistas de seu clube de coração. Como os triunfos que ele conseguiu em vida, ao driblar um câncer durante 17 anos e infelizmente veio a sucumbir no dia de hoje, lutando bravamente como um se armasse na defesa de sua vida, um sistema com linhas defensivas seguras e eficazes nessa batalha inglória, mas que desempenhou corajosamente com a alegria como um ataque positivo e goleador como o que sempre quis no de seu time de coração. Assim, como bom tricolor que era mesmo nos momentos mais difíceis, sorriu e seguiu sua batalha.

Lições de amor e dedicação diárias demonstradas pelo seu Adherbal devem ser absorvidas pelos atletas e comissão técnica e do mesmo modo como ele passou por fases boas e ruins, abastadas e de vacas magras e superar com um sorriso no rosto e muito trabalho.

O luto para o clube e para os familiares e torcida é um fato que hoje existe, mas deve servir como motivação para o E.C. Bahia continuar a crescer cada vez mais. Assim, esperamos que cada atleta e funcionário e torcedor do Esporte Clube Bahia se inspire no exemplo de Seu Adherbal, “o velhinho” tricolor, que levantou a taça do Campeonato Baiano 2019 com toda a propriedade e merecimento este ano. Que nos motive para buscar outras conquistas para repetir seu gesto com mais frequência e em projetos cada vez maiores.

Domingo mais uma batalha, mais um jogo e mais uma motivação além das naturais e corriqueiras do jogo, vamos buscar o triunfo pra subir na tabela e prestar uma justa homenagem ao torcedor do Bahia em geral e em especial ao seu Aderbhal.

Diego Campos, torcedor do Bahia e colaborador do Futebol Bahiano.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*